Retrô é hype
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Retrô é hype
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Retrô é hype
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Nintendo relançará o Super NES com direito a game inédito

GameStoria
há 4 meses1.4k visualizações
Nintendo relançará o Super NES com direito a game inédito
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

A gente já havia cantado a bola aqui e o que era especulação se tornou realidade: a Nintendo anunciou que o Super Nintendo, um dos videogames mais populares de todos os tempos - e ícone da era 16-Bits -, será produzido novamente. Assim, a empresa segue a lógica que fez com que o Nintendinho também voltasse à vida no ano passado.

A nova versão do videogame, chamada "Super Nintendo Classic Edition" já tem data para chegar às lojas: 29 de setembro, por US$ 80. Isso, claro, no exterior, uma vez que a Nintendo não tem representação oficial no Brasil.

Assim como o NES Classic Edition, o "novo" Super NES terá tamanho reduzido - uma imagem na caixa do aparelho mostra que ele cabe na palma da mão - e trará 21 games na memória. Dentre eles, está Star Fox 2, jogo que nunca foi lançado por ter sido cancelado durante sua produção. Os controles, por sua vez, terão o formato e configuração clássicos.

Há, porém, alguns problemas nisso tudo. Assim como ocorreu com o NES Classic Edition, o novo videogame não poderá ser usado para jogar qualquer coisa que não esteja na sua memória. A lista de games, que você encontra no link abaixo, traz grandes clássicos, é verdade, mas há tropeços inexplicáveis - a ausência de Chrono Trigger é uma delas.

Outra questão envolve a disponibilidade do videogame no mercado. Desde o seu lançamento até o fim de sua produção (o que ocorreu meses depois), o NES Classic Edition era quase impossível de ser encontrado nas lojas dos Estados Unidos.

Por ora, quem quiser o console precisa confiar na Nintendo, que afirmou que pretende produzir mais unidades do Super NES Classic Edition do que fez com a reedição do Nintendinho. A ver.

Nostalgia sem limites: criaram uma réplica de controle de SNES para o Switch

GameStoria
há 4 meses893 visualizações
Nostalgia sem limites: criaram uma réplica de controle de SNES para o Switch
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Se existe algo que mudou ao longo dos anos foram os controles dos videogames. Desde o aparecimento de alavancas analógicas e do sistema de vibração, no Nintendo 64 (e que viraram padrão em praticamente todos os videogames lançados posteriormente), passando por sensores de movimento, a interface entre jogador e máquina evoluiu consideravelmente.

O próprio Nintendo Switch é exemplo disso, ao oferecer os Joy-Cons, uma dupla de controles descartáveis que podem ser usados de três maneiras distintas: plugados à tela do console, conectados a uma base que simula um joystick tradicional ou, ainda, usados separadamente para partidas multiplayer rápidas.

Ainda assim, há quem sinta saudade do bom e velho controle do Super Nintendo. A boa notícia é que o novíssimo console da Nintendo contará com um acessório que imita o design do joystick do Super NES.

Nostalgia sem limites: criaram uma réplica de controle de SNES para o Switch

Criado pela 8Bitdo, empresa especializada em acessórios retrô, o controle só não é idêntico ao original do videogame de 16-Bits por conta de duas alavancas analógicas na sua parte inferior e um par adicional de botões de ombro. Fora isso, o visual é idêntico ao controle clássico e ele estará disponível em duas versões: uma com o padrão de cores do Super NES e outro com o visual do Super Famicom.

Nostalgia sem limites: criaram uma réplica de controle de SNES para o Switch

Esse controle terá (claro) um sistema de vibração, conectividade via USB-C e sensores de movimento. Além de ser usado no Switch, ele também funcionará em computadores.

A previsão de lançamento é no final deste ano. A julgar pelo preço de outros controles dessa fabricante, é de se esperar que ele custe algo próximo dos US$ 50 (mais barato do que um controle da própria Nintendo).

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por