ENTRETENIMENTO

Tem um Xbox One e não jogou Rise & Shine? Você não sabe o que está perdendo

GameStoria
Автор
GameStoria
Tem um Xbox One e não jogou Rise & Shine? Você não sabe o que está perdendo

O ano para os donos de Xbox One pode não ter começado da maneira mais agitada. Além de Halo Wars 2, game de estratégia baseado no universo da famosa franquia de jogos de tiro, há pouco em termos de novidades exclusivas ou games com nome de peso. Isso não quer dizer, porém, que não existam jogos bons que chegaram ao console nesse período.

Um deles praticamente passou despercebido. Trata-se de Rise & Shine, um game da Adult Swim Games que saiu no já distante 13 de janeiro deste ano, também com versão para PC. Nele, o jogador controla Rise, um garoto que vive em um lugar chamado Gamearth. Como o nome já deixa claro, trata-se de um planeta recheado de referências ao mundo dos games.

Tudo estaria bem se não fossem os alienígenas chamados Space Grunts, que invadiram e tocaram o terror no local. A esperança de Gamearth seria o Legendary Warrior, um guerreiro que lembra bastante Link da série Zelda, mas que acaba sendo morto em meio aos ataques alienígenas. O herói, porém, entrega para Rise um revólver lendário, chamado Shine. E dá uma missão ao garoto: derrotar os aliens. 

O lado bom é que Shine acaba ganhando um poder: vidas infinitas. Assim, é possível refazer determinadas porções das fases caso o jogador morra para determinados inimigos. E, acredite, você vai morrer. Muito.

Difícil na medida

A grande sacada de Rise & Shine é a sua dificuldade. O game, em si, não é difícil de maneira grosseira, cabendo ao jogador adotar estratégias para avançar. Com algumas tentativas, partes recheadas de inimigos e com tiros vindos de todos os lados acabam sendo superadas, eventualmente. 

Nesse quesito, as habilidades do revólver Shine são extremamente úteis. Há tipos diferentes de tiros, cada um com suas propriedades e utilidades. Eles podem ser mais efetivos contra determinados inimigos ou, então, usados para resolver quebra-cabeças, com soluções bem inteligentes e que vão exigir raciocínio lógico do jogador. 

O visual do game privilegia ambientes coloridos e um estilo cartunesco. Engana-se, porém, quem pensa que a aparência é a de um game infantil: sobra sangue e membros voando a cada inimigo atingido. É um contraste interessante entre uma estética colorida e supostamente infantil com uma abordagem bem adulta. 

Os comandos também funcionam bem e você vai utilizar a alavanca direita do direcional analógico para mirar os tiros de Shine, o que acaba sendo meio complicado de início, mas melhora com a prática. De maneira geral, não há comandos complicados e o game aposta bastante na simplicidade.

Há também um outro aspecto de Rise & Shine que merece destaque: seu preço. No Xbox One, ele sai por R$ 29. A versão para PC, por sua vez, pode ser adquirida no Steam por R$ 27,99.