Raça
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Raça
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Raça
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

O pop abraça o protagonismo negro: IZA estreia parceria com Falcão em "Pesadão"

Geisa Agricio
há 11 dias28.1k visualizações
O pop abraça o protagonismo negro: IZA estreia parceria com Falcão em "Pesadão"
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Reprodução / Youtube

A cantora IZA desponta como a principal promessa de ícone pop da música negra brasileira e como referência de beleza afro. Sem ainda nem ter lançado seu primeiro disco, sua carreira, alavancada pelo contrato com a Warner Music, já anuncia grandeza, ao lado das cantoras negras Ludmilla e Karol Conká.

Essa semana, ela lançou o single e o videoclipe “Pesadão”, em parceria com Falcão, dO Rappa. O encontro coloca em evidência questões de empoderamento, presente na letra da música: “Quando o medo se apossou / Trazendo guerra sem sentido / A esperança aqui ficou Segue vibrando / E me fez lutar para vencer / Me levantar e assim crescer / Punhos cerrados, olhos fechados”.

IZA dá assim grandes passos para invadir o Pop com questões da luta negra, a exemplo de Beyoncé, indo um tanto além da melosidade frívola comum ao funk carioca. Tem um grande potencial pra inspirar a autoestima de uma geração de meninas negras. Feliz que nem todo mundo tenha que olhar pro showbiz e não poder sonhar em ser paquita. Há figuras como IZA em quem se reconhecer. 

Sua trajetória vem à galope, mostrando o quanto se faz necessária a sua presença no mercado. Iza começou a bombar desde o começo do ano, com o hit Vou Te Pegar (que já saiu com superprodução em videoclipe, estrelado ao lado do galã José Loreto). No Rock in Rio, em setembro, subiu ao palco ao lado de CeeLo Green (Goodie Mob e Gnarls Barkley). 

Campanha "jogo do preconceito" provoca sobre discriminação contra nordestinos

Geisa Agricio
há 11 dias31.9k visualizações
Campanha "jogo do preconceito" provoca sobre discriminação contra nordestinos
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Reprodução / Bend Propaganda

8 de outubro é marcado como o Dia do Nordestino. Deveria ser mais uma homenagem e data comemorativa no calendário, mas acaba sendo um dia repleto de registros de preconceitos e estigmas negativos sobre a população do Nordeste, principalmente para as pessoas que migraram para outras regiões do País. 

Para alertar contra a discriminação, o fotógrafo Felipe Araújo desenvolveu junto com Artur Costa, pela Bend Propaganda, de Aracaju (SE), o #jogodopreconceito. Nesse teste virtual, o internauta diante de dois retratos deve eleger a opção de “quem tem cara de nordestino”.

Como o próprio slogan da campanha diz: “quem vê cara, julga”. A ferramenta funciona como uma grande provocação sobre como nós enxergamos e pensamos a respeito dos nordestinos, mesmo que inconscientemente: "Ninguém se acha racista até um negro denunciar. Ninguém se acha machista até uma mulher manifestar. Ninguém se acha preconceituoso até um nordestino falar", conclui o projeto.

Campanha "jogo do preconceito" provoca sobre discriminação contra nordestinos

Reprodução / Bend Propaganda

Diante das escolhas das fotos, também surgem frases dolorosas que são comumente repetidas a respeito de quem é do Nordeste, como “raça de preguiçosos”, “povo ignorante” ou “retirante”. Como recifense que já morou um bom em tempo em São Paulo, a experiência própria me diz que todo nordestino já foi submetido a piada jocosa sobre sotaque, hábitos e nível de desenvolvimento da sua terra. Já colocou seu preconceito à prova? 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
geisa.agricio
Mulher, negra, nordestina, mãe-solo e gorda. Acredita em representatividade e igualdade, e em lugar de fala para escrever uma outra história