Séries de TV
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Séries de TV
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Séries de TV
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade

Tapa Da Pantera
há um ano33 visualizações

Alerta de spoiler!!!!

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Se você imagina o Vale do Silício (Silicon Valley), região norte-americana (e porque não, do mundo) de fomento à inovação tecnológica, como uma terra muito distante, numa realidade alternativa povoada de moleques nerds cheios de boas idéias...

...você pode estar se perguntando como o show Silicon Valley, da HBO, tem ainda alguma piada boa na manga depois de duas temporadas brilhantes.

Tenho uma novidade para você: está só começando o pesadelo de Richard Hendricks, o protagonista que descobriu o algorítimo para comprimir arquivos gigantescos e, assim, fundou a Pied Piper. A vida real é trash, amigo! E a ficção tem traduzido isso muito bem. Nesta terceira temporada, "Silicon Valley" veio com tudo!

Para tanto, o showrunner Mike Judge e equipe empregam consultores e até mesmo algumas startups do tipo de Pied Piper, na vida real (além de esquadrinhar notícias de tecnologia do Business Insider, só para garantir que as coisas sejam tão reais quanto possível).

Isso significa ir além de um pouco nerd piadas e refletindo a verdadeira cultura do Vale do Silício atual, capital do mundo da tecnologia. O que às vezes pode parecer muito estranho, é coisa corriqueira nesse mundo doido de meu Deus!

Por isso, a própria Business Insider listou 13 vezes que a série mitou demais ao copiar a #vidaloka do Vale do Silício.

#1 A galera em São Francisco e no Vale do Silício brincam sentem a série mais como um drama do que uma comédia. 

A estética da gigante tech Hooli, de mentirinha, é muuuuuuito igual a Google. E por isso é tão bizarro. Parece que é só ficção, mas...

hooli (abaixo)

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade

Google (abaixo)

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade

#2 Clássico: as cozinhas ridículas de Hooli, que espelham os de empresas mais "felizes" do Vale do Silício. Yay!... #not

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade

Aqui, o Facebook na vida real zomba delicadamente o próprio slogan "mover-se rapidamente e quebrar as coisas". Quebrar no sentido de inovar.

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade
13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade

#3 Há uma cena memorável da primeira temporada com o rapper Flo Rida cantando numa festa para a multidão de nerds do Vale do Silício. Amigo, isso é 100% real.

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade

#4 Richard Hendricks, o herói de "Silicon Valley", é um funcionário da Hooli que está tentando construir uma ferramenta para músicos. A ideia é dar à classe um app capaz de dizer se estão violando direitos autorais. O negócio é que, sem querer, ele cria uma ferramenta incrível e inigualável de compressão de arquivos gigantescos, sem perda de qualidade.

Uma penca de start-ups inventou os melhores produtos por acidente. Slack, o app de US$ 3,8 milhões,  nasceu como uma ferramenta de bate-papo para o jogo Glitch, para que vários jogadores pudessem conversar enquanto se divertiam online. O jogo morreu, mas o app....

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade

#5 Hendricks desenvolveu Pied Piper, enquanto ele estava vivendo e trabalhando para a incubadora de Erlich Bachman. Em troca do aluguel, Hendricks teria que ceder uma participação de qualquer empresa que ele desenvolvesse sob o teto de Bachman. Tipo várias incubadoras nos arredores do Valley do Silício.

Na vida real, há inúmeras start-ups como Dropbox e Airbnb que vieram por meio da Y Combinator, a mais famosa incubadora do Vale do Silício real. Mas as incubadoras reais são mais sobre a orientação e trabalho em rede, não esse... chinelo que vive Erlich Bachman.

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade

Reza a tradição que as start-ups são formadas em garagens e quartinhos no Vale do Silício. São exemplos Google, Amazon, Hewlett-Packard, entre muitas empresas de tecnologia. Na imagem abaixo, Steve Jobs trabalha na garagem alugada na região, para conceber a Apple.

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade

#6 O show também mita ao mostrar a maneira da qual os programadores trabalham juntos . Quando a equipe precisa se manter organizada e continuar a construir a plataforma, eles se voltam para o método muito real chamado "Scrum", que significa aglomerar-se e trabalhar todo mundo junto num brainstorm. É uma metodologia na qual as equipes de engenheiros também têm verdadeiras reuniões de pé. A ideia é que, em pé, todo mundo mantém o foco.

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade

#7 Na série, Hooli tem os funcionários "reservas", que são pessoas que não se encaixam em nenhuma atividade da empresa, mas que são muito valiosos para irem para outro lugar. Recebem para não fazerem nada! É realmente uma tática eficaz usada pelos gestores do Google na vida real. Às vezes são chamados de "rest and vest", o que significa no bom e velho português: "chinelar".

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade

#8 O CEO da Hooli, Gavin Belson (principal antagonista da série nas duas primeiras temporadas), é um amálgama de um monte de CEOs do Vale do Silício. Como Marc Benioff (fundador e presidente da Salesforce, empresa de "nuvem"), ele é um grande fã de "gurus" espirituais. Belson, como os co-fundadores do Google, ama projetos astronômicos e megalômanos e, como todos eles, também provou ser totalmente cruel, mesmo com um sorriso no rosto.

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade

#9 Na atual temporada de "Silicon Valley", o criador da Pied Piper, Richard Hendricks, é demitido do cargo CEO da empresa que ele próprio fundou, depois do principal investidor perde a fé na capacidade dele de liderança. É preciso ver a série para achar toda essa sujeirada muito justa do jeito que eu achei.

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade

Parece loucura, mas pode acontecer (e acontece!!!!) na vida real. O próprio Steve Jobs foi demitido da Apple pelo conselho de administração depois que ele tentou usurpar o controle do então CEO John Sculley. Eventualmente, Sculley foi demitido também. Mas acontece.

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade

#10 Na série, Gilfoyle (abaixo, à esquerda) é um cidadão canadense que trabalha na Pied Piper com um visto especial de trabalho. Esse tipo de documento é uma questão controversa no Vale do Silício real, com muitas empresas de tecnologia bancando vistos para programadores de nível altíssimo do exterior, em vez de pagar salário mais competitivo para os norte-americanos.

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade

#11 Os "brogrammers" são a flexão de "brother" com "programmer". Significa um programador "espada" cabra macho. É um fenômeno real nas ruas e start-ups do Vale do Silício. Não são meninotes tímidos.

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade

#12 Uma coisa que Silicon Valley é mais otimista do que a realidade é a representação das mulheres no Vale do Silício real. As personagens mais numerosas do sexo feminino são os investidores de capital de risco na série, enquanto que na vida real apenas 7% dos parceiros em empresas de investimento são mulheres. É provavelmente a parte menos realista do show - mesmo quando você deixar de lado o fato de que o elenco principal são todos caras .

13 vezes que a série Silicon Valley mitou sobre a realidade

#13 Por outro lado, o preconceito com mulheres programadoras e a dificuldade em lidar com uma garota no ambiente de trabalho puramente matemático e digital foi super bem retratado na série. Mostrou mesmo que o Vale do Silício real é um poço de preconceitos propagados por muitos moleques bem infantis.

----------

Por Pilar Magnavita

#seriesdeTV #HBO #siliconvalley #tvshow

Game of Thrones: episódio novo e os Stark estão de volta!

LadyGeek
há um ano15 visualizações

Eita, família feliz (só que não) [SPOILERS, GENTCHY. Do epi de hoje e dos próximos!]

Lembra da primeira temporada? Que coisa fofa. 

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Um tava vivo, o outro não tinha morrido, o terceiro ainda andava e o quarto não estava sumido. A mais velha não estava em fuga após ter sido estuprada e torturada e a mais nova não estava cega. 

Mas aí, né. Algumas coisas aconteceram. Tipo Red Wedding.

Lembra quando começou a tocar a música dos Lannister? Vish.

Antes mesmo do Red Wedding teve c e r t o s príncipes derrubando criancinhas inocentes do alto de torres.

Aí a Sansa passou por todo tipo de tristeza e provação imagináveis. Sério, gente, só ela nesse seriado passou pelas mãos dos dois piores de todos: Joffrey e Ramsay. 

A Arya, aquela menina maravilhosa, usou os truques novos para se vingar de um cara da lista dela e ficou cega, condenada a mendigar pelas ruas e apanhar daquela menina sádica.

Aí tem os últimos dois Stark (ou quase Stark). Jon, aquele ser maravilhoso, terminou a temporada passada traído, esfaqueado e morto, para a tristeza absoluta de 100% da população global.

E Rickon - quem diabos é Rickon, mesmo?

Mas tudo isso 

- ou quase (desculpa, Robb) - 

muda ao final do episódio de ontem! Afinal, o que teve no epi de ontem!?

Teve Bran Stark todo trabalhado nas viagens ao passado, mostrando para gente que o Ned nem sempre foi garanhão e nem sempre foi tão honrado assim. Ah, também teve o tal do velho da árvore prometendo para ele que ele não viraria um novo velho na árvore. Afinal, ninguém merece.

Todos os velhos-das-árvores são sábios, cara.

Não teve Sansa Stark no episódio de ontem, mas a gente sabe que agora ela tá com a mulher mais forte (e ética) de Westeros então vai dar tudo certo (ou não, né. Do jeito que a ruiva é pé frio).

Game of Thrones: episódio novo e os Stark estão de volta!

Mas em compensação teve #teamArya. Arya Stark, ou melhor, "uma garota" deu uns sopapos na colega sádica e recuperou a visão. Antes, porém, ela teve um bate papo "de frente com a colega" bastante emotivo. Primeiro, admitiu que ficou confusa ao matar o Hound. A gente percebeu, né? Mesmo ele estando na lista, durante o tempo que eles passaram juntos ele acabou se tornando mais humano para ela, quase um amigo. Segundo, e esse mexeu comigo: ela fala que tem cinco irmãos, e leva a porrada do bastão da mentira. Então, corrige: quatro irmãos e um meio-irmão. Quem não se lembra do quanto Arya e Jon se amavam? 

Falando nele...

No outro episódio a gente viu que o peguete da Grazi voltou à vida. E nesse, Jon Snow quase pagou bundinha para galera. Ele se levantou, executou todos os traidores (todos, sem exceção, Olly) e fez jus ao título do episódio: "oathbreaker" - quebrador de juramentos. Jon largou o manto preto da Guarda e deixou o Castelo Negro. Se bem que, né? Tecnicamente ele ficou com os Nightwatchers "até que a morte nos separe", não é meixmo?

Agora temos um Jon Snow de volta do mundo dos mortos e livre, leve e solto (bem na hora que a Samsa estava seguindo para o norte para encontrar com ele na Muralha, claro). 

Para onde vai Jon Snow 2.0??

Game of Thrones: episódio novo e os Stark estão de volta!

Se os deuses novos e velhos quiserem, ele vai para o sul encontrar o pequeno brother.

Temos, aqui, a volta dos que não foram. Como estava faltando aquele elemento choque-surpresa-deixar-a-galera-sem-ar no episódio, Game of Thrones nos presenteia no finalzinho com o Stark que todos tinham esquecido. Rickon Stark, tão crescido que você começa a se sentir meio velho (sim, é o mesmo ator!) é dado de presente e "prova de lealdade" para ninguém menos do que Ramsay Bolton. 

Game of Thrones: episódio novo e os Stark estão de volta!

Olha a cara de alegria desse bastardo.

Gente, sério. Nunca tive tanta pena de alguém antes. Já sabemos que Rickon pode dizer adeus ao seu pinto, né? Isso se as táticas de tortura de Ramsay ainda se mantêm as mesmas. Agora, posso contar um possível ultra-mega-spoiler para vocês? 

                ***   ATENÇÃO PARA POSSÍVEL ULTRA MEGA SPOILER   ***

Estava lendo nos fóruns dos nerds da internet que há grandes chances de o nosso amigo Rickon Stark, depois de ver tanta coisa horrível e ser abandonado tantas vezes, ter desenvolvido uma veia mais ou menos... sádica. Já pensou? Encontro de loucos? O Stark que deu errado? Porque também não é possível que tenham colocado o Rickon de volta no rolê só para ele ser torturado até a morte. Aí tem. 

E estamos ansiosos.

#gameofthrones #recap #spoilers #oathbreaker #stark #jonsnow

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
giucarpes
Conteúdo e comunidade - Storia Brasil - giuliander.carpes@storia.me