Séries de TV
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Séries de TV
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Séries de TV
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Ele foi procurar lugares pra filmar 'Narcos' e acabou assassinado no México

Tapa Da Pantera
há um mês50.1k visualizações

Muita gente pode achar que viajar pelo mundo e visitar lugares que podem servir de cenário para filmes e séries é o emprego dos sonhos. Só que ninguém faz ideia que o trabalho do location scout (nome desse profissional) é duro e perigoso. O que aconteceu no México é prova disso.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Ele foi procurar lugares pra filmar 'Narcos' e acabou assassinado no México

Carlos Muñoz Portal, 37 anos, era location scout para a série "Narcos" e foi ao México para observar possíveis locações para a quarta temporada do show da Netflix. A viagem, no entanto, terminou mal. Seu corpo foi encontrado cheio de buracos de bala em uma área deserta de San Bartolo Actopan, região com uma das maiores taxas de homicídios do país.

Muñoz tinha bastante experiência no ramo. Ele trabalhou na produção de filmes como “Sicario”, “007 Contra Spectre”, “Velozes e Furiosos” e “Apocalypto”. Um amigo da vítima disse ao jornal “El País” que criminosos locais talvez tenham se assustado com a presença de um estranho filmando a região.

A quarta temporada de “Narcos” supostamente vai abordar a ascensão do cartel de Juarez, no México, e a mudança por parte das autoridades americanas no combate ao tráfico de drogas. Na terceira temporada, o foco é o cartel de Cáli, na Colômbia. Não se sabe, porém, se a morte de Muñoz fará os produtores da série mudarem o foco da próxima série de episódios.

Lena Waithe ganhou um Emmy e fez um discurso inspirador para a 'família LGBTQIA'

Tapa Da Pantera
há um mês29.7k visualizações

Foi um dos momentos mais gloriosos da cerimônia do Emmy de 2017. Lena Waithe com seu paletó chiquérrimo em cima do palco, fazendo um discurso lindo enquanto Aziz Ansari, a seu lado, sorria e concordava com tudo. O prêmio de melhor roteiro para uma série de comédia não poderia estar em melhores mãos, e Lena, premiada por “Master of None”, deu um show ao falar da família LGBTQIA.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Lena Waithe ganhou um Emmy e fez um discurso inspirador para a 'família LGBTQIA'

Com o Emmy nas mãos, Lena agradeceu à “minha família LGBTQIA. Eu vejo cada um de vocês. As coisas que nos fazem diferentes são nossos superpoderes. Todo dia, quando você sai de casa, coloque sua capa imaginária e vá conquistar o mundo porque o mundo não seria tão bonito se não estivéssemos nele.” Veja no vídeo abaixo:

Aplaudida de pé pelo elenco de "Master of None" e outros dos convidados da noite, Lena continuou, dizendo “obrigado por aceitar e abraçar um pequeno indiano da Carolina do Sul [Ansari] e uma pequena gay negra da zona sul de Chicago, nós valorizamos isso muito mais do que vocês conseguem imaginar.”

Além de ganhar melhor roteiro em série de comédia, “Master of None” foi indicada a melhor série de comédia, categoria vencida por “Veep”. Aziz Ansari também foi indicado a melhor ator em séries de comédia, mas o prêmio foi para Donald Glover, de “Atlanta”.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
giucarpes
Conteúdo e comunidade - Storia Brasil - giuliander.carpes@storia.me