Séries de TV
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Séries de TV
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Séries de TV
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Inventaram um reality show em que estranhos ficam seminus no primeiro encontro

Sheila Vieira
há 2 anos28 visualizações

A (falta de) imaginação não tem limites.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Inventaram um reality show em que estranhos ficam seminus no primeiro encontro

Quando você imagina que as ideias ridículas para reality shows estão totalmente esgotadas, alguém inventa um programa em que estranhos ficam seminus na cama no primeiro encontro.

O reality “Undressed” (Sem Roupas) foi criado e televisionado originalmente na Itália (nenhuma surpresa) e chegará no meio do ano ao Reino Unido. Segundo a premissa, os estranhos (acredito que sejam só héteros) apertam as mãos, tiram a roupa, exceto as íntimas, e ficam 30 minutos em uma cama, “para acelerar a intimidade e explorar as regras aceitáveis de atração”.

OKAY.

Obviamente, nenhum casal vai fazer algo a mais na cama, já que o programa tem que ser adequado para a TV. Para ajudar a passar o tempo, uma telona faz o casal passar por alguns testes para que eles se conheçam melhor. No final dos 30 minutos, cada um escolhe se quer continuar o experimento ou encerrá-lo.

Clare Laycock, executiva da emissora TLC, explicou a proposta de uma maneira muito poética: “É um formato corajoso e lindo de realizar encontros, que explora se é possível se apaixonar por um completo estranho".

Veja o trailer, disponibilizado pelo Daily Mail:

#realityshows #undressed #TV

Beijoqueira e roqueiro das antigas: 10ª temporada de “The Voice” começa com tudo

Sheila Vieira
há 2 anos21 visualizações

“The Voice” é o único reality show que eu acompanho religiosamente. Mesmo não lançando um artista sequer de sucesso mundial, como “X Factor” e “American Idol” conseguiram várias vezes, o programa da NBC, na minha opinião, tem o melhor talento e o formato mais legal de todas as competições de canto.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Beijoqueira e roqueiro das antigas: 10ª temporada de “The Voice” começa com tudo

A décima temporada estreou nesta semana, com o retorno de Christina Aguilera. Adam Levine e Blake Shelton continuam sem largar o osso e Pharrell Williams está já em sua quarta temporada seguida no programa. Por mais que eu adore Shakira e Gwen Stefani como pessoas e seja louca pelo trabalho de início de carreira delas, Xtina é uma coach muito melhor e mais sincera.

Vamos então dar uma olhada nas melhores apresentações às cegas desta semana:

Alisan Porter - “Blue Bayou”

Esta mulher já é uma grande candidata ao troféu. Além de uma voz absurda, tem uma história interessante: foi atriz mirim, acabou se perdendo nas drogas e o no álcool, está sóbria há oito anos e agora é mãe. Christina ficou tão desesperada por ela, que sentou no palco, chorou e apelou para o “também sou mãe”. Melhor ainda: quando Blake tentou tirar com a cara dela, Xtina mandou: “Quando eu estou aqui, você não comanda o programa, Blake”. BEM-VINDA DE VOLTA, AGUILERA!

Mike Schiavo - “Talking Body”

Adam e Pharrell viraram de cara para o cantor de pop rock e Blake antes do último refrão. Mike disse que cresceu ouvindo Maroon 5 e Xtina convenceu Levine a cantar “She Will Be Loved” com ele. Como não há dúvida sobre quem ele escolhe, veja a boa apresentação:

Mary Sarah - “Where The Boys Are”

A introdução mostrou que Mary é uma cantora country, mas sua apresentação foi bem mais para o lado do pop clássico. Todos viraram para ela. Será que ela escolheu suas raízes country ou decidiu arriscar? Confira:

Bryan Bautista - “The Hills”

Se você é Time Adam na eterna briga com o Blake, vai rolar de rir com este momento. Só Blake e Christina viraram para o cantor, que já havia tentado entrar na nona temporada. Bryan escolheu o cantor country só de ZOEIRA e depois falou que realmente queria Xtina. OUCH. Confira comigo no replay:

Abby Celso - “Should’ve Been Us”

Esta aqui vale mais pela discussão entre Adam e Pharrell (foi meio pesada) do que pela apresentação em si. Veja quem ganhou:

Caity Peters - “Jealous”

A primeira 4-chair-turn (não tem nome legal disso em português, desculpe) foi desta cantora, que tem aquela voz não tão estridente, mas com um timbre bem doce e envolvente, tipo Florence Welch e Ellie Goulding. A decisão dela não me surpreendeu tanto: 

Nick Hagelin - “Lost Stars”

O cara cantou uma música do Adam Levine e o poprockstar foi o único a não virar. Ouch. Ele acabou escolhendo “o Quincy Jones da nossa geração”. E o filho dele é a coisa mais fofa do planeta.

Kata Hay - “Redneck Woman”

A MULHER AGARROU TODO MUNDO E BEIJOU A AGUILERA. Deixou escapar que queria o Blake (o único que não virou). Sério, que figura. 

Adam Wakefield - "Tennessee Whiskey"

Lá vem aquele country meio roqueiro que sempre faz sucesso no “The Voice” e Adam e Blake, muito experientes neste programa, entraram na disputa, que terminou em uma discussão sobre o country ser um gênero muito fechado. 

Laith Al-Saadi - "The Letter"

Tinha que fechar com este cara, porque ele é incrível. Além de ter uma voz extremamente potente (apesar de poder melhorar seu controle), ele mandou um solo incrível de guitarra. Como o Pharrell não virou, ele fez mais um solo para o deleite do cantor-produtor. Isso é algo que só o “The Voice” tem.

Você gosta de “The Voice”? Qual é seu coach favorito?

#TheVoice #singing #realityshows

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
giucarpes
Conteúdo e comunidade - Storia Brasil - giuliander.carpes@storia.me