Séries de TV
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Séries de TV
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Séries de TV
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Os 5 shows mais caros da Netflix

Tapa Da Pantera
há 2 meses7.3k visualizações

Todo mundo sabe (ou pelo menos imagina!) que a Netflix gastou uma pequena fortuna para produzir superséries e atrair assinantes no mundo inteiro. Segundo uma reportagem do Los Angeles Times, o serviço de streaming teria uma dívida calculada em US$ 20 bilhões. Coincidência ou não, a Netflix já andou cancelando alguns de seus shows mais caros. Mas, afinal, onde esse dinheiro todo foi gasto? Se você não tem ideia, esta lista dos cinco seriados mais caros vai te iluminar.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

1. The Crown

Os 5 shows mais caros da Netflix

Há quem diga que foi a série mais cara da história. The Crown, uma ousada filmagem recheada de histórias de bastidores sobre a ascensão da Rainha Elizabeth, fez sucesso com os críticos, mas não saiu barata. Só a primeira temporada teve orçamento estimado em US$ 130 milhões.

2. The Get Down

Os 5 shows mais caros da Netflix

Um fiasco monumental, The Get Down custou, segundo fontes confiáveis, US$ 120 milhões aos cofres da Netflix (embora algumas estimativas ultrapassem os US$ 130 milhões de The Crown). Não por acaso, já foi cancelada.

3. Sense8

Os 5 shows mais caros da Netflix

Uma ousada história de ficção científica politicamente correta tinha atores “baratos”, mas era filmada em tantos lugares diferentes do planeta que custou US$ 9 milhões por episódio. Logo, a primeira temporada abocanhou US$ 108 milhões. Sense8 foi cancelada após a segunda época.

4. Marco Polo

Os 5 shows mais caros da Netflix

Foram dez episódios que custaram US$ 90 milhões e não fizeram tanto sucesso assim. Foi, na real, uma tentativa de criar a Game of Thrones da Netflix, mas não chegou nem perto do sucesso monstruoso do seriado dominical da HBO. Por isso, não passou da segunda temporada.

5. House of Cards

Os 5 shows mais caros da Netflix

Foi o primeiro show original da Netflix, e ninguém estava economizando quando contrataram Kevin Spacey, Robin Wright e David Fincher. Aqui, a Netflix acertou a mão e gastou “apenas” US$ 50 milhões na primeira temporada. 

Karate Kid volta cinquentão e numa série de comédia. Será que vai dar certo?

Tapa Da Pantera
há 2 meses7.4k visualizações

Sim, Karate Kid vai voltar - e com seu ator original, Ralph Macchio! Mas você acredita que será uma série de comédia? Pois é… É assim que “Cobra Kai”, spin-off que será lançado em 2018 no YouTube Red, vem sendo anunciada. Uma comédia.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Karate Kid volta cinquentão e numa série de comédia. Será que vai dar certo?

Macchio voltará no papel de Daniel LaRusso, enquanto William Zabka também volta para reviver Johhny Lawrence, rival de LaRusso. A série terá dez episódios e será uma comédia baseada no fato de que dois cinquentões ainda mantêm uma rivalidade. É daí que - dizem - virá o humor. 

Pelo pouco que se sabe do roteiro até agora, Lawrence reabre a academia Cobra Kai, e a partir daí renasce a rivalidade com LaRusso. Segundo envolvidos na produção, o seriado terá um olhar diferente do de Karate Kid. Enquanto o filme dos anos 1980 se concentrou na história de LaRusso, Cobra Kai será igualmente dividida entre os personagens de Macchio e Zabka.

E se você não lembra da história ou da rivalidade entre LaRusso e Lawrence, aperte play no vídeo acima. O único problema vai ser aumentar a saudade do senhor Miyagi. O carismático ator Pat Morita morreu em 2005, aos 73 anos. Sem ele e numa série de comédia, será que Karate Kid (ou seria melhor chamar de Karate Grandpa?) repete o sucesso de 30 anos atrás? 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
giucarpes
Conteúdo e comunidade - Storia Brasil - giuliander.carpes@storia.me