Vivendo e aprendendo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Vivendo e aprendendo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Vivendo e aprendendo
ic-spinner
Hikayeni paylaş
Sevdiğin hikayeleri ve yazarları bul ve takip et. İlham al, sen de kendi hikayelerini yaz. Hikayelerine arkadaşlarını davet et. Paylaş ve tüm dünyaya sesini duyur.

Casal gay descobre que são irmãos gêmeos?! Nah!

Casal gay descobre que são irmãos gêmeos?! Nah!
Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

Qual não foi minha surpresa nesta manhã quando vi essa notícia no carioquíssimo Extra:

ic-spinner

A manchete que datava deste sábado (13/02) dizia: "Após teste de DNA, namorados descobrem que são irmãos gêmeos". Na mesma hora pensei: "como?".

Abri o link e descobri a fonte de tamanho escândalo: o World News Daily Report. Para quem não sabe (e o colega repórter do Extra certamente não sabia) é tipo o "Sensacionalista" internacional, baseado em Tel Aviv, Israel.

Os dois rapazes lindos que aparecem na “reportagem” são, na verdade, os irmãos Alex e Charlie Kotze. Eles são modelos conhecidos como “K2-Twins” nasceram na África do Sul e suas fotos foram usadas indevidamente para ilustrar a notícia falsa!

Uma busca por essa notícia nos jornais locais de New Jersey não retorna nenhum resultado (a não ser em sites e blogs que apenas copiaram o World News).

Nota-se no periódico carioca e em inúmeros outros jornais certo comprometimento (ou a séria falta disso) com fatos e notícias, não acham? Por isso peço para você, amigo leitor, que sempre desconfie das informações que ler. E não falo somente da internet, mas de tudo que chega com essa carinha de notícia e cheiro de "treta". Em geral tudo que parece muito interessante ou muito exclusivo (num mundo cercado por assessorias de imprensa, não se engane) deve ser visto com alguma desconfiança, mesmo que publicado em jornais que consideramos sérios.

É porque repórteres, editores e direção são cargos ocupados por pessoas. E nem sempre pessoas acertam, seja na veracidade da notícia, seja na ética que envolveu seu processo. Às vezes a fonte pode até ser boa, mas isso não significa que o fato não seja uma falácia.

Casal gay descobre que são irmãos gêmeos?! Nah!

E muitas vezes, jornalistas escrevem para montar um argumento e, assim, escutam porta-vozes de opiniões que vão ao encontro das suas (quero dizer aqui, as opiniões do jornal, né?!).

Com isso em mente, fica mais fácil combater esse monte de boatos que povoam a internet.

;o)

#boatos #notícia #jornalismo #manchetes #falácias

Descubra as profissões que irão desaparecer no futuro

Descubra as profissões que irão desaparecer no futuro
Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸

Robôs não têm sentimentos. Muito embora os irmãos Wachowski (da trilogia Matrix) tenham pregado que as máquina podem ser mais humanas do que os próprios humanos (e talvez tenham razão em alguns aspectos), os robôs não são capazes de pensar emocionalmente: de criar, inventar, de ter empatia, de simpatizar ou mesmo de perceber metáforas e a maldade disfarçada em nós. No entanto, ganham de lavada de nós em todas as tarefas repetitivas. Não enchem o saco, não se cansam (podem superaquecer, de repente), não param até segunda ordem. E é por isso que irão nos substituir em inúmeras profissões no futuro.

Um estudo da McKinsey Global Institute avaliou cerca de 750 profissões exercidas nos EUA e concluiu que estarão extintas nas próximas duas décadas as atividades relacionadas a plantio e colheita, pesca, montagem de automóveis e alguns cargos administrativos como auxiliar de contas.

O World Economic Forum já previu, no ano passado, a ocupação de cerca de 5,1 milhões de postos de trabalho por robôs durante os próximos cinco anos. Essa transição não deverá acontecer de forma abrupta, como já não está acontecendo.

Na minha humilde opinião, as atividades ligadas a serviços e à produção intelectual ainda deverão continuar sendo exercidas por nós, humanos. Creio que o impacto da tecnologia, contudo, vai reformular terrivelmente todas as áreas ligadas a isso. Já começamos a ver no com o jornalismo, por exemplo. A internet proporcionou ambiente onde a informação é anárquica. Apenas quem lida com dados privilegiados ainda está obtendo algum dinheiro com isso.

Nas agências de notícias, por exemplo, quem tem fontes importantes acabam conseguindo offs (aquelas declarações que aparecem nas matérias, mas não se sabe a fonte) exclusivos. E quando isso está em política e economia, por exemplo, pode mudar todo um curso de fatos e acontecimentos com a publicação desse tipo de notícias. E robôs não fazem fontes e nem conquistam a confiança de gente influente que usa o reportariado para escoar notícias propositadamente, né?! Até porque um repórter deveria ter o mínimo de senso crítico para filtrar o que é balela e o que não é. Se bem que... se a coisa continuar assim, podemos substituir jornalistas por robôs em mais da metade das redações no país.

Outros postos de trabalho poderão também ser facilmente substituídos por máquinas nas próximas décadas:

• Operadores de escavadeiras e outras máquinas pesadas

• Empregados de linhas de produção (como montagem de carros);

• Ajudantes que trabalham em linhas de produção;

• Assistentes de limpeza de reservas ambientais;

• Operadores de máquinas de pintura e corte de materiais;

• Operadores de máquinas de embalagens;

• Operadores de máquinas de torrefação de tabaco;

• Preparadores de comida;

• Operadores de fornos e de assadeiras industriais;

• Controladores de máquinas agrícolas;

• Motoristas de máquinas de carregamento;

• Operadores de máquinas que prestam serviços de mecânica;

• Tecnicos que mantêm equipamentos diversos (como de segurança) em ordem;

• Atividades relacionadas à fabricação de livros;

• Profissionais de seleção de produtos (controle de qualidade);

• Técnicos responsáveis por fazer orçamentos de serviços;

• Certas funções exercidas por operadores de telemarketing;

• Técnicos que monitoram dados (como controle de finanças);

• Controladores de transições (como entre contas bancárias);

• Atividades realizadas por correspondentes de escritórios (office boy);

• Vendedores que fazem negócios online ou por telefone; e

• Assistentes de escritório que organizam documentos, por exemplo.

E se você está muito chateado porque sua atividade pode ter um fim robótico e menos humano, lembre-se sempre que, se os ferreiros que ferravam cavalos tivessem impedido o avanço do automóvel, ainda teríamos estábulos no lugar dos carros. O segredo é se reinventar sempre. Ainda bem que profissão não define a identidade de alguém, né?!

#profissões #futuro #robôs #mercadodetrabalho #trabalho

Hikayeyi okudun
Story cover
tarafından yazıldı
Writer avatar
giucarpes
Conteúdo e comunidade - Storia Brasil - giuliander.carpes@storia.me