Aquarismo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Aquarismo
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Aquarismo
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Curiosidades que você sempre quis saber sobre peixes

Guia.Pet
há 2 anos389 visualizações

A beleza dos peixes muitas vezes está ligada a sua cor. Mas vocês sabem qual é a espécie mais colorida que existe? E sabia que tem peixe que pode morrer 'afogado'. Muitas vezes quando compramos um aquário nos faltam informações, por isso é sempre bom ter a opinião de um especialista antes de qualquer coisa. E aqui esclarecemos algumas questões importantes e curiosas sobre o mundo dos aquários e sobre os peixes.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Peixes podem morrer 'afogados'

É difícil acreditar, mas isso pode acontecer. Peixes da família dos anabantídeos têm uma respiração quase pulmonar e por isso precisam buscar o ar na superfície. Eles não agüentam muitas horas submersos na água e acabam morrendo por uma série de complicações. O betta é o mais conhecido dos peixes, que tem ainda: beijador, colisa, tricogastor, gourami e peixe do paraíso, por exemplo.

Curiosidades que você sempre quis saber sobre peixes

Peixes bebem água?

Não só bebem como urinam também. Por isso é muito importante ter um sistema de filtragem no aquário, para a água estar sempre limpa.

Eles dormem?

Os peixes dormem de olhos abertos, pois não têm pálpebras. Podem observar que no período noturno eles ficam quietinhos no fundo do aquário.

O peixe-palhaço é hermafrodita

Quando colocamos dois peixes desta mesma espécie juntos, um deles vai se transformar em fêmea por natureza.

Curiosidades que você sempre quis saber sobre peixes

Peixe sente frio?

Na verdade a maioria das espécies necessita de uma fonte de calor, pois não tem tolerância a baixas temperaturas. Quando esfria, o metabolismo dos peixes desacelera e eles ficam com menos apetite e mobilidade, com mais chance de ficar doentes. Podem perceber que é muito difícil pescar em dias frios.

Peixes venenosos

O mais famoso é o lionfish. Para quem quer ter esse peixe no aquário é preciso muito cuidado. A maioria deles solta o veneno pelos espinhos ou ferrões, é uma forma de proteção.

Curiosidades que você sempre quis saber sobre peixes

Peixe cego

Alguém já ouviu falar no peixe cego da caverna? Por viverem num habitat escuro, sem luz nenhuma, nem olhos eles têm. Ele é branquinho, parecido com o lambari, mas quem quer tê-lo num aquário normalmente o tem por ser exótico e não bonito.

Peixe elétrico

Um dos mais conhecidos é o poraquê, um peixe amazônico que pode matar até um jacaré com um choque de 600 volts.

Quanto tempo eles vivem?

A média de idade desses peixes que normalmente temos nos aquários vai de 4 a 10 anos. Mas tem espécie que vive apenas um ciclo da estação do ano, os conhecidos peixes temporários. Já as carpas vivem bastante, tem uma no Japão que morreu com 127 anos. Aliás, há uma tradição japonesa de presentear um amigo com uma carpa, o que significa desejar uma vida longa ao presenteado.

Curiosidades que você sempre quis saber sobre peixes

O mais colorido

O mandarim, de água salgada, é conhecido pela beleza de suas cores. Mas não é muito difundido para se ter, pois exige muito do aquarista: é bastante difícil reproduzir o seu ambiente natural no aquário.

Curiosidades que você sempre quis saber sobre peixes

O mais rápido

O agulhão-vela chega a atingir uma velocidade de até 110 km/h; já o atum é o peixe que mais consegue nadar direto num dia, numa distância de 170 km. 

Curiosidades que você sempre quis saber sobre peixes

Aquarismo em alta: hobby, decoração e a paixão pelos peixes

Guia.Pet
há 2 anos205 visualizações

Quem nunca ganhou (ou soube de alguém que foi presenteado) com um peixe daqueles douradinhos numa Festa Junina ou qualquer outro evento festivo, por exemplo? E que chegou em casa, o colocou num vaso com água, e o peixinho não durou muitos dias? Pois é, a situação era até bastante comum, devido à falta de orientação e de ensinamentos. Cuidar de um peixe e ter aquário em casa, no entanto, é bem simples. E cada vez mais as pessoas procuram a prática do aquarismo.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Aquarismo em alta: hobby, decoração e a paixão pelos peixes

São vários motivos pelos quais a pessoa procura adquirir um peixe. Pode ser por decoração, por ter pouco espaço em casa, para dar ao filho e ele ter a responsabilidade de cuidar do peixe, aprendendo um pouco da natureza também.

As dicas para quem quer ter um aquário em casa pela primeira vez são simples. O primeiro de tudo é definir o espaço que se tem na residência, para saber o tamanho do aquário. Depois saber quanto se quer investir. Ter um peixe, aliás, pode sair mais barato do que muitas pessoas pensam: um peixinho simples custa baratinho, em torno de R$ 1,50.

De acordo com o especialista Sérgio Haruo Fujiwara, o pacote básico para quem deseja ter um bom aquário com peixes consiste na própria cuba de vidro, sistemas de filtração, aquecimento e iluminação e também decoração. “Mas isso não significa que a pessoa tem que ter tudo isso. Às vezes o aquário já está em local bem iluminado ou aquecido”, acrescenta.

O sistema de filtração química, mecânica e biológica é bastante importante, e vai evitar que você troque a água do aquário mais vezes. Um custo, que segundo Sérgio, vale bastante a pena.

Montando seu aquário com todos os itens já sugeridos, o ideal é que você espere até uns 20 dias para colocar o peixe. Só com esse tempo o espaço estará realmente pronto, pois é preciso aguardar a estabilização biológica do sistema.

Sérgio ressalta também a importância na hora de se escolher o peixe. “Você vai montar o aquário de acordo com a característica de cada peixe. Mesmo sendo de água doce, existem os peixes de água ácida e alcalina”, conta. “Primeiro define-se o peixe para definir todo o resto: a decoração, a alimentação, com quem ele vai ficar junto. Por exemplo: um peixe pode crescer demais e comer o outro.”

O campeão de vendas em peixe marinho, segundo Sérgio, é o peixe-palhaço (que ficou famoso com o personagem Nemo). Já de água doce, é o Kinguio, o peixe japonês dourado. “Ele é muito resistente” conta o especialista.

Para Sérgio, ‘o aquarismo hoje é um hobby e existe uma evolução dentro do segmento'. “A tendência é a pessoa começar com algo pequeno e chegar no aquário marinho de corais, que exige mais técnica, conhecimento e equipamentos”, diz.

Mas, como ele mesmo gosta de ressaltar, “cuidar do aquário é simples, mas existe uma técnica e tem que ser bem orientado”. “Antigamente não existiam lojas especializadas em aquarismo e faltavam informações técnicas. Hoje o pessoal está mais bem preparado.”  

Aquarismo em alta: hobby, decoração e a paixão pelos peixes
Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar