PETS

Australiana gasta mais de mil reais para salvar seu peixinho de R$ 40

Guia.Pet
Author
Guia.Pet

Podem perceber que dificilmente ouvimos falar de alguém que levou seu peixe ao veterinário. Não que eles não fiquem doentes (mas adoecem menos e tem menos problemas que um cachorro ou gato, por exemplo), mas por um simples motivo: "Como normalmente o custo de um peixe é baixo, acaba sendo mais barato a pessoa comprar outro do que levá-lo a um veterinário", já disseram alguns especialistas em aquarismo.

Um exemplo disso é o que acabou de acontecer na Austrália. Emma Marsh, de 21 anos, comprou um peixinho há um ano e pagou cerca de R$ 40 por ele. É um dos peixes mais baratos no mercado, mas isso não fez com que ela deixasse de dar carinho ao animal, que ganhou o nome de Conquer.

Australiana gasta mais de mil reais para salvar seu peixinho de R$ 40

Eis que Conquer começou a ficar estranho dentro do aquário, sem se alimentar, e Emma o levou a um veterinário especialista. O peixe estava engasgado com um pedacinho de pedra.

“Ele estava fazendo movimentos excessivos com a boca tentando tirar aquilo. Se não fizéssemos nada ele pararia de comer e morreria”, afirmou a veterinária Emma McMillan.

Para resolver o problema, a médica pingou anestésico na água do peixe para que ele dormisse e depois usou uma pinça para retirar a pedra. O custo de tudo isso? Mais de R$ 1.200,00.

É uma grana alta, mas que Emma Marsh não pensou duas vezes na hora de salvar a vida do seu peixinho. Será que outras pessoas fariam o mesmo e gastariam tudo isso ou deixariam o animal morrer para gastar apenas R$ 40 depois num novo peixe? 

Australiana gasta mais de mil reais para salvar seu peixinho de R$ 40
Australiana gasta mais de mil reais para salvar seu peixinho de R$ 40
Australiana gasta mais de mil reais para salvar seu peixinho de R$ 40

#aquarismo #peixe #australia