PETS

Entenda por que 'Procurando Dory' pode levar o peixe do filme à extinção

Guia.Pet
Author
Guia.Pet

Desde 2003, as lojas especializadas em peixes viram um fenômeno acontecer: a procura pelo peixe-palhaço aumentou muito graças ao filme 'Procurando Nemo'. Agora, com o 'Procurando Dory' fazendo sucesso nos cinemas americanos (vai estrear aqui no Brasil dia 30/6), pesquisadores, biólogos e cientistas estão preocupados com o futuro do cirurgião-patela, também conhecido como blue-tang. É uma espécie que, se não tomar cuidado, pode entrar em extinção.

Entenda por que 'Procurando Dory' pode levar o peixe do filme à extinção

A explicação é simples: os peixe-palhaços já vêm há alguns anos sendo criados em cativeiro, o que não acontece com a espécie do novo filme da Disney. E todos já sabem que a procura por esses peixinhos vai crescer significativamente agora.

Pesquisadores já concluíram que o blue-tang nem sempre é recolhido da natureza de modo sustentável, com corais e recifes sendo destruídos nesta 'caça'. E a forma de reprodução da espécie complica criá-lo em cativeiro.

Em maio, circulou uma petição para solicitar que a Disney e a Pixar tomem precauções para garantir a segurança dos peixes marinhos. "O mais recente filme da Disney, Procurando Dory, vai ameaçar a população de peixes da espécie cirurgião-patela ao menos que a Disney faça algo para protegê-los", dizia o texto.

Nesta ótima reportagem da National Geographic há várias explicações e preocupações sobre o impacto que o nova animação da Disney pode causar no ambiente.

O peixe-palhaço, que muitos conhecem como Nemo, continua sendo vendido em lojas especializadas, e a procura é principalmente por crianças. Essas mesmas crianças que assistirem ao novo filme da Disney agora vão querer também a Dory. E não há mercado suficiente para essa procura no momento.

#disney #peixe #nemo #dory #guiapet