Mundo Pet
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Mundo Pet
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Mundo Pet
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Fotógrafa registra cães idosos em uma bela série

Guia.Pet
há 3 meses25.6k visualizações

Para ser considerado idoso, um cachorro precisa ter pelo menos 8 anos de idade, dependendo da raça. Os de pequeno porte já ficam mais velhinhos um pouco mais tarde, com uns 10 anos.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Nesta fase da vida, alguns problemas começam a aparecer, como alterações cardíacas e renais, e precisamos ter mais cuidado com a saúde dos cães. Mas o amor que sentimos por eles, ah, isso não muda nunca.

E foi para retratar os cachorros idosos, principalmente aqueles que já estão no fim da vida, que a fotógrafa Nancy LeVine percorreu a América tirando fotos desses animais. E mostrando que, mesmo velhos, a beleza deles continua intacta.

Uma das imagens mostra Miss Sadie, de 22 anos, olhando pela janela de sua casa no Alasca. 

Fotógrafa registra cães idosos em uma bela série

LeVine afirmou que seu interesse por esse assunto veio quando seus dois cães já estavam bem velhos. Todas as fotos agora fazem parte do livro 'Senior Dogs Across America: Portraits of Man's Best Old Friend'.

Fotógrafa registra cães idosos em uma bela série
Fotógrafa registra cães idosos em uma bela série
Fotógrafa registra cães idosos em uma bela série
Fotógrafa registra cães idosos em uma bela série
Fotógrafa registra cães idosos em uma bela série
Fotógrafa registra cães idosos em uma bela série
Fotógrafa registra cães idosos em uma bela série
Fotógrafa registra cães idosos em uma bela série
Fotógrafa registra cães idosos em uma bela série
Fotógrafa registra cães idosos em uma bela série
Fotógrafa registra cães idosos em uma bela série
Fotógrafa registra cães idosos em uma bela série

#cachorro #dog #pet #guiapet #foto

Saiba por que vibradores podem ajudar a salvar as tartarugas da extinção

Guia.Pet
há 3 meses19.6k visualizações

Um vibrador pode ajudar a salvar as tartarugas da extinção. Por mais que isso possa soar estranho, testes já começaram a ser realizados e, até aqui, com sucesso.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Uma das dificuldades dos cientistas vinha sendo a identificação dos machos e fêmeas, para compreender melhor os seus problemas: não é tão fácil diferenciar os dois sexos, já que a tartaruga macho costuma deixar o pênis escondido dentro do corpo quando não é estimulado. E é justamente aí que entra o vibrador: para estimular as genitálias dos animais.

A ideia partiu do cientista australiano Donald McKnight, que estuda a espécie em sua tese de doutorado. A equipe de Donald já realizou diversos testes e percebeu que cada tartaruga reage a um vibrador diferente, dependendo do seu tamanho. 

Conseguindo identificar melhor o sexo da tartaruga, os cientistas acreditam que a reprodução será mais fácil de acontecer: metade das espécies está hoje ameaçada de extinção.

Saiba por que vibradores podem ajudar a salvar as tartarugas da extinção

#guiapet #tartaruga #pesquisa 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar