Mundo Pet
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Mundo Pet
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Mundo Pet
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Gato mais velho do mundo completa 31 anos (e isso é uma baita façanha)

Guia.Pet
há um ano86 visualizações

Outro dia Noz Moscada comemorou 31 anos de vida. Para você, quem completa essa idade ainda é novo, na flor da idade ou velho?

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Se estivéssemos falando de uma pessoa, com certeza poderíamos dizer que o aniversariante é um jovem adulto e que tem uma longa vida pela frente. Mas quem assoprou as velinhas foi um gato - e, para um felino, 31 anos é muuuuita coisa.

Gato mais velho do mundo completa 31 anos (e isso é uma baita façanha)

Numa rápida comparação, é como se o animal tivesse 141 anos humanos. Ele só não é considerado o gato mais velho do mundo pelo Livro dos Recordes por um simples motivo: seus donos não têm toda a documentação para provar a sua exata idade.

Noz Moscada apareceu na casa de Loving Liz e Ian Finlay em 1990 e logo foi adotado. Na época, um veterinário disse que o gato estava com 5 anos de idade, o que faria ele hoje ter 31.

Segundo registros, o gato que mais viveu no mundo foi Créme Puff, dos Texas, EUA, que morreu aos 38 anos. Algo inédito e que ninguém acredita que vai se repetir.

No ano passado, Noz Moscada sofreu um acidente vascular cerebral muito grave, mas já conseguiu se recuperar. E seus donos esperam que ele tenha mais alguns anos pela frente.

Gato mais velho do mundo completa 31 anos (e isso é uma baita façanha)
Gato mais velho do mundo completa 31 anos (e isso é uma baita façanha)

#guiapet #pet #gato #cat #guinness

Veja os 10 acidentes mais comuns com cães na cozinha, segundo pesquisa

Guia.Pet
há um ano67 visualizações

A cozinha deve ser o principal cômodo da casa onde os acidentes acontecem. Quem tem criança sabe que é um perigo deixar o pequeno sozinho quando o forno está ligado, por exemplo.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Mas o perigo não está apenas com a garotada ou mesmo os adultos. Os cachorros também estão em perigo na cozinha.

Uma pesquisa feita na Inglaterra pelo grupo Just Eat com 2 mil donos de pets chegou a uma conclusão sobre os principais acidentes dos cães na cozinha. Veja só: 

Veja os 10 acidentes mais comuns com cães na cozinha, segundo pesquisa

- Respingo de água fervente (72%)

- Ficar preso entre as pernas dos donos (70%)

- Exposição ao forno quente (55%)

- Facas que caem (52%)

- Bocais de cerâmica de fogões que não esfriam logo que são desligados (40%)

- Pratos com comida que caem (32%)

- Choque elétrico (25%)

- Ser atingido por uma porta que fecha, cadeira ou outro móvel ou utensílio (21%)

- Ficar presos por entre as prateleiras e armários (13%)

- Tábuas de corte que caem (10%)

Agora que você já sabe que tudo isso pode acontecer, já pode tomar um pouco mais de cuidado com seu cachorro. Ou, mais fácil, evitar que ele esteja ao seu lado na cozinha enquanto você estiver cozinhando ou lavando a louça;

Veja os 10 acidentes mais comuns com cães na cozinha, segundo pesquisa

#pet #guiapet #cachorro #dog #cozinha

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar