Mundo Pet
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Mundo Pet
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Mundo Pet
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Tem vaga aberta em clínica veterinária na Irlanda. A função: abraçar gatinhos

Guia.Pet
há 4 meses2.8k visualizações

Se você tem mãos suaves, gosta de gatos e sabe distinguir os diferentes tipos de miado, então já pode se candidatar para esta vaga de emprego: a clínica Just Cats, em Dublin, na Irlanda, está procurando um 'abraçador de gatos'.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

O objetivo do contratado será dar carinhos aos felinos de rua, que foram abandonados e estão procurando um novo lar.

Segundo a clínica,  o candidato ideal "deve ter um toque gentil capaz de acariciar gatos por longos períodos de tempo". Gostou? É preciso ter mais habilidades para conseguir a vaga, veja só: “Eles (os contratados) precisam falar com voz suave e serem capazes de sussurrar para que alguns de nossos pacientes felinos fiquem calmos. A habilidade de compreender os diferentes tipos de miados é um diferencial para conseguir esse emprego.”

Caso você se encaixe neste perfil, prepare seu CV e envie à clínica veterinária irlandesa. Aí, é só esperar ser chamado para passar seus dias abraçando gatos e, melhor, recebendo por isso.

Tem vaga aberta em clínica veterinária na Irlanda. A função: abraçar gatinhos
Tem vaga aberta em clínica veterinária na Irlanda. A função: abraçar gatinhos

#guiapet #pet #gato #cat #irlanda

Um gato leva duas famílias à Justiça na Itália para descobrir quem é seu dono

Guia.Pet
há 4 meses2.7k visualizações

O gato Fiocco, de quatro anos, também pode ser chamado de Tequila. Ele tem dois nomes. E duas famílias. E também está no meio de um processo judicial.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Tudo começou com as escapulidas de Fiocco. Como muitos gatos, ele também gostava de passar horas fora de casa. O problema é que ele sempre ia para uma outra mesma casa. Assim, começou a receber carinho e comida deste novo dono, que devia achar ser seu único dono. Sem saber que ele já pertencia a alguém, passou a chamar o gato de Tequila.

O caso aconteceu em Gênova, na Itália. Nos dois primeiros anos de vida de Fiocco, ele ficou apenas com sua dona inicial. Depois, começou a visitar e a se hospedar na casa de outra mulher. Quando essa foi se mudar de barro, claro que levou o bichano junto. E a dona oficial denunciou a ex-vizinha por estar roubando seu gato.

Aí a história foi parar na Justiça, que deu ganho de caso à primeira dona. Mas um recurso no tribunal causou uma reviravolta e não conseguiram provar que Fiocco era realmente da primeira dona E a segunda ficou com gato.

Confuso, não? A história ainda não acabou, já que a dona inicial afirmou que agora é sua vez de entrar com o recurso. Enquanto isso, o bichano é chamado de Tequila, mas logo mais, vai saber, poderá voltar a ser o Fiocco.

Um gato leva duas famílias à Justiça na Itália para descobrir quem é seu dono

#gato #pet #guiapet #itália #cat

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar