MUNDO

Por que o Vaticano está usando leite para pintar seus edifícios

Yazar

Nem sempre os métodos mais inovadores são os melhores...

Por que o Vaticano está usando leite para pintar seus edifícios

Você deve imaginar que restaurar uma construção que data séculos de existência deve ser uma tarefa que requer técnicas de alta complexidade.

Nos Museus do Vaticano, porém, estão fazendo as coisas do modo antigo, por meio de um método pouco usual: a pintura com leite. Os edifícios, desse modo, ao invés de serem restaurados de maneiras mais modernas, estão sendo repintados com leite.

Isso porque, segundo especialistas, trata-se de uma receita antiga que provou ser mais duradoura do que qualquer outra tinta sintética moderna. "Nós não somos nostálgicos pelo passado", afirmou o chefe de arquitetura do Vaticano, Vitale Zanchettin.

Por que o Vaticano está usando leite para pintar seus edifícios

O leite vem diretamente das vacas do Papa Francisco, criadas na residência de verão de Castel Gandolfo, perto de Roma. Ele é, depois de tirado, misturado com cal apagada e pigmentos naturais, que dão a cor de creme original.

Parece saudosismo, mas a linha de pensamento de trabalho no Vaticano é essa mesmo: em prol da ecologia e em prol do trabalho humano, sempre preferível ante as máquinas. Para refletir!