DINHEIRO

Governo desfaz mais uma “mágica” da economista Dilma Rousseff

Gustavo Kahil
Author
Gustavo Kahil
Governo desfaz mais uma “mágica” da economista Dilma Rousseff

O governo federal hoje se viu obrigado a desfazer as desonerações – quase R$ 5 bilhões ao ano - dadas aos baldes às empresas durante o governo Dilma Rousseff e que fizeram evaporar dezenas de bilhões de reais ao longo do mandato da ex-presidente economista.

A “bondade” de Dilma para 56 setores (!) não só foi desastrada, como não criou empregos e ajudou a afundar as contas públicas em uma penumbra que fez, além de outras coisas, tornar mais do que urgente a agora criticada reforma da Previdência.

O mais importante em todas essas medidas é o fato de o governo agora encarar a realidade dos fatos. As projeções fiscais durante a gestão de Guido Mantega na Fazenda eram motivo de chacota entre os jornalistas de tão descoladas da realidade.

Tudo era resolvido com uma puxada aqui ou outra ali, uma pedalada lá e outra acolá. Agora, Henrique Meirelles encara a dureza da depressão econômica brasileira com a mesma firmeza que encheu os cofres do Banco Central na era Lula para financiar a importante expansão social do Brasil.

Mais uma fatura chegou para você pagar. Ontem foi a dos correios, uns 100 reais por família, Hoje foi a da desoneração, cerca de mil reais por família brasileira