NOTÍCIAS

Após 2 anos sem cortar, bailarino de Mogi doa cabelos para pessoas com câncer

Autor
Após 2 anos sem cortar, bailarino de Mogi doa cabelos para pessoas com câncer

Seus cabelos compridos, eram sua marca registrada entre seus amigos, mas o que muitos não sabiam era que, na verdade, ele deixou crescer com um único objetivo, que tornou realidade nesta semana.

Feliph Ferreira, bailarino, de Mogi das Cruzes (SP), realizava atividades culturais com pessoas que não tinham acesso a dança e demais artes. Há dois anos atrás, em visita a um centro de tratamento para crianças com câncer em SP, percebeu que uma das crianças, uma garota de 8 anos, estava triste, e conversando com ela, entendeu o quanto estava sofrendo, não somente por causa da doença, mas pela ausência dos cabelos, atingindo a sua auto estima, perante as demais crianças daquela atividade. Esse momento o marcou.

Após 2 anos sem cortar, bailarino de Mogi doa cabelos para pessoas com câncer

Foi a partir daquele dia, que decidiu não mais cortar os seus cabelos, para quando tiver o comprimento ideal, poder doar para alguma Associação que pudesse ajudar estas pessoas. E após 2 anos, o momento chegou.

Nesta semana, Feliph cortou seus cabelos. Ontem, foram doados 40 cm para o GAPC (Grupo de Apoio a Pessoas com Câncer), que poderão ser utilizados para confecção de perucas. Veja a seguir, o antes e depois:

Após 2 anos sem cortar, bailarino de Mogi doa cabelos para pessoas com câncer

Com essa ação, Feliph pretende incentivar mais pessoas a realizarem essa doação, qualquer pessoa pode doar cabelo, com comprimento a partir de 10 cm, levando até o Grupo de Apoio a Pessoas com Câncer em Mogi das Cuzes, na Rua Cap. Manoel Caetano, 50, Centro, de Segunda a Sexta das 8h às 12h e das 13h às 17h, ou obter informações pelo telefone (11) 4726-6575. A entidade sem fins lucrativos, atende a pacientes com o diagnóstico comprovado, e também possui outras unidades com a mesma finalidade, nas cidades de Taubaté, São José dos Campos, Vitória(ES), Volta Redonda (RJ) e Resende (RJ), para ter outras informações, acesse o site www.gapc.org.br