ENTRETENIMENTO

O que dizer no dia de... hj!?

João Nasai
Author
João Nasai

Esse é o primeiro texto por aqui e sempre bate aquele friozinho no meio dos dedos, naquele lugar que não é na palma da mão, mas tá perto. Começar, então, pelo início (disse-me o gênio-interior).

Certo! 

A minha paixão pela escrita começou de uma maneira discreta. Despretensioso, escrevi sobre alguma coisa que me estalou na mente logo que sentei na cadeira e, por mais estranho que isso possa parecer, eu ainda escrevo essa mesma história há mais de 8 anos agora... (Ela continua sendo minha maior fonte, riqueza, local de fuga e inspiração para uma noite, até ali, sem muitos sonhos! =) Mas isso deve ser assunto para outras postagens!)

Claro, outras histórias foram surgindo, poemas refletindo, músicas se ousaram a passar aqui dentro e até cenas de roteiros saíram rabiscadas. Aos poucos, mais e mais coisas foram se escrevendo. Cada um com sua grande fase, junto das minhas grandes descobertas!

Porém, confesso que em muitos momentos desses tantos anos me desviei e, inclusive, busquei fugir do mundo da escrita e sua massiva expressividade repleta de escamas. 

É muito difícil, sabe. Todo esse processo. Por vezes caio na ilusão de que deve ser algo fácil... 

Ora, basta escrever! 

Pego meu notebook, passo-lhe a senha, abro uma página em branco, mando ver! E, logo me percebo questionando se a sua dificuldade não deve ser pré-requisito para a existência do próprio ato!!! Caraca, é complicado! 

As vezes penso demais, as vezes sinto muito, outras nenhum dos dois e torno-me apenas "o canal" (estranho, né!).

Ainda assim, o meu amor por escrever nunca se desfez! Já discutimos de maneira justa e no máximo subimos o tom da voz, mas nunca nos tornamos indiferentes um para o outro! (😝❤😍)

Ora-ora, tenho 22 anos agora, espero (e sei) que ainda tenho muito a descobrir!

Quantas fases mais hei de viver? 

Não sei, mas permaneço louco pra saber! 

Bem, hoje é mais um dia desses, quem sabe o que não virá por aqui?