ENTRETENIMENTO

Sou Manequim?

João Nasai
Author
João Nasai
Sou Manequim?

Quantas vezes me perguntei sobre a minha própria existência? Não saberia dizer e, na verdade, já passei do ponto de tentar refletir e reduzi-la num único conceito; adaptar a uma medida mais tranquila de se compreender!

Desfiz metáforas, reconstruí frases de sabedoria, reproduzi conhecimentos na busca de adquirir novos, intoxiquei meu corpo imaginando expandir minha sensibilidade, tentei um bocado de vias, um bocado de vezes... E quer saber qual é, para mim, um dos fiéis ensinamentos disso tudo? Bem, é que a minha própria existência se define a existir! Quer eu a compreenda assim, quer não!

Certa vez, numa sala de aula, em meio a anotações e desenhos que intercalavam o raciocínio desenvolvido pelo professor, escrevi um trecho de algo...

Dizia:

"Sou Manequim
 Por isso eu canto assim
 Sou Manequim"

Não sabia ao certo o que havia criado (ou recriado à minha autoria) e continuei viajando pelas possibilidades de rimas, significantes e significados. De fato, nenhum acréscimo chegou a enriquecer essas três linhas! Elas bastavam. Refletiam-se, reafirmavam-se e repetiam-se!

Questiona, figurativamente, a grande parte dos conceitos, não?

A força desse canto veio a mim se provar ao longo dos anos (nunca esqueci o "pensamento").

Acredito em sua potência e que ainda produzirei algo maior em seu entorno, mas, por hora, venho aqui compartilhar esse redundante e breve momento existencial.

=))