Minha Série, Minha Vida
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Minha Série, Minha Vida
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Minha Série, Minha Vida
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Netflix anuncia retirada de séries do catálogo e fãs piram

Júlia Korte
há 6 meses22.2k visualizações

Os principais títulos da Fox vão sair a partir de julho

Netflix anuncia retirada de séries do catálogo e fãs piram
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Ontem a Netflix deu uma notícia que entristeceu o fãs da plataforma de streaming: muitas séries da FOX famosas e queridinhas pelo público, incluindo "How I Met Your Mother", "Glee", "American Horror Story", "Bones", "Prison Break" e "24 Horas", vão ser removidas do catálogo a partir de 1º de julho. 

Confira o anúncio: 

Não sem surpresa, o post causou furor entre assinantes em todas as redes sociais em que foi divulgado, sendo que o vídeo já tem mais de 2 milhões de visualizações. 

Eu digo "aproveite e faça maratona enquanto pode!". 

Mas, como sempre, o melhor da internet é o brasileiro, que não perdoou e mandou ver em reações, comentários e piadas. Veja alguns dos melhores:  

Fizeram até petição: 

Já estamos com saudades! <3 

5 motivos para assistir "Unbreakable Kimmy Schmidt"

Júlia Korte
há 6 meses31.2k visualizações

Corre que dá tempo de fazer uma maratona antes da estreia da nova temporada 

5 motivos para assistir "Unbreakable Kimmy Schmidt"
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Ufa! Finalmente a Netflix liberou um teaser e anunciou a data de estreia da 3ª temporada de “Unbreakable Kimmy Schmidt”, a deliciosa comédia produzida exclusivamente para a plataforma.

Confira o vídeo:

Para quem não conhece, a premissa é a seguinte: Kimmy (Ellie Kemper) ficou presa em um porão por 15 anos pelo líder de um culto apocalíptico. Quando finalmente ela sai, precisa recomeçar a vida de liberdade em Nova York. Quando chega na cidade, é contratada por uma mulher rica (Jane Krakowski, de 30 Rock) e se tornar babá da sua filha Xanthipp (Dylan Gelula), uma adolescente mimada e sensível.

É uma história meio maluca, confesso, mas (contra o bom senso) é daquelas que faz rir de verdade.

Criada pela comediante norte-americana Tina Fey, o seriado é surpreendente em muitos sentidos – e vai muito além da sinopse. 

Apesar de elogiada, porém, "Unbreakable" também causou polêmica em alguns grupos à época da sua estreia, começando por esse mote. Isso porque relembra muito o famoso caso do crime de Ariel Castro, que manteve três mulheres em cárcere privado por mais de uma década em sua casa, nos Estados Unidos, antes delas serem encontradas, causando indignação da sociedade. Além disso, também há quem não goste de forma que tudo é meio estereotipado, incluindo alguns personagens, como o imigrante ilegal vietnamita Dong.

Apesar disso, tem sido um sucesso, conquistou o meu coração e o de muitos fãs, inclusive por parte da crítica especializada, sendo comparada ao humor de “South Park”, por exemplo, animação que não vitimiza ninguém e tira sarro de todos. Não é para todo mundo, mas se você gostar, vai viciar. 

Se isso tudo não te convenceu, seguem mais algumas razões para dar uma chance: 

1. Participações especiais. Além do elenco de peso e de ótimas atuações, tanto de rostos conhecidos nas comédias, quanto novos atores, os convidados são incríveis e surpreendem. A própria Tina Fey, claro, é uma delas, quando interpretou uma advogada que não consegue o caso contra o homem que prendeu Kimmy no bunker. Falando nisso, Jon Hamm (isso mesmo! o Don Draper de "Mad Men" - foto abaixo) é esse “vilão”, o Reverendo Richard Wayne Gary Wayne. Temos também Josh Charles, David Cross e Jeff Goldblum. Para a próxima temporada, já foram confirmados: Anna Camp, Mike Carlsen, Josh Charles, David Cross e Amy Sedaris. 

5 motivos para assistir "Unbreakable Kimmy Schmidt"

2. Referências à cultura pop. Como disse um jornalista da Uproxx, assistir todos os episódios da série é aprender um novo vocabulário. Sutilmente, os personagens citam seriados, filmes de televisão, personalidades da mídia, passando de Rei Leão à banda Hanson, com Madonna e Frasier no meio. 

5 motivos para assistir "Unbreakable Kimmy Schmidt"

3. Titus. A Kimmy é legal, mas o Titus é simplesmente maravilhoso - se é que precisamos falar algo depois da reintepretação de "Lemonade", da Beyoncé, no teaser acima. Com um humor implacável, sem contar o figurino divo e um conhecimento da cultura pop, ele vai ganhar espaço no seu coração. Ah! E ele arrasou com seu clipe musical de "Peeno Noir". Veja:  

4. Diálogos. O texto é afiado, ácido e inteligente, bem na linha do trabalho de Tina Fey e Robert Carlock. Além de menções à situações políticas e polêmicas, com sutileza e ironias, abordam questões delicadas e tabus sociais. Apesar do humor, há assuntos extremamente importantes que são trazidos à tona, como o machismo e o racismo. Mas não espere algo estilo John Oliver, tá? É mais na linha de "30 Rock". 

5 motivos para assistir "Unbreakable Kimmy Schmidt"

5. As mulheres. O feminismo dessa produção foi bem debatido, por isso, não irei discorrer sobre o empoderamento em si, já que renderia um texto por si. Sim, esse discurso está presente (afinal, é Tina Fey que estamos falando, né?), vide a música de abertura, que tem um refrão como: "But women are strong as hell" (Mulheres são fortes pra caramba, em tradução livre). Em cima de toda ficção surreal e comédia, há uma narrativa mais complexa das personagens; quando Kimmy finalmente enfrenta os problemas pessoais com a mãe, Lori-Ann, por exemplo, a mesma desabafa sobre a culpa de não ser uma "mãe típica" e acusações machistas de ser a responsável pelo que aconteceu com a filha. 

Em todo caso, a estreia da 3ª temporada será dia 19 de maio. Todos os outros episódios já estão disponíveis. 

Volta logo! <3 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
julia.korte
Jornalista e geek de coração. Praticante de binge-watching. Vive a base de cafeína e boa música. Um crush eterno em cinema e seriados.