Minha Série, Minha Vida
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Minha Série, Minha Vida
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Minha Série, Minha Vida
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Você precisa conhecer Feud: Bette and Joan

Júlia Korte
há 8 meses82 visualizações

Contamos tudo sobre a nova série de Ryan Murphy, que estreia em março no Brasil, além das intrigas que tornaram a disputa um ‘clássico’ em Hollywood

Você precisa conhecer Feud: Bette and Joan
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Hollywood é cheia de segredos muito bem guardados a sete chaves, mas o ódio entre as Bette Davis e Joan Crawford não é um deles. As duas atrizes foram as maiores estrelas do seu tempo, sendo eternizadas tanto pela atuação no cinema, quanto pelas brigas fora delas. A lendária rivalidade agora ganha espaço na TV com a nova série de Ryan Murphy.

Protagonizada pelas excelentes Jessica Lange (Crawford ) e Susan Sarandon (Davis), a primeira temporada vai abordar a lendária intriga, especialmente durante as filmagens e após o lançamento do clássico filme: “O que terá acontecido com Baby Jane?”. 

Com 8 episódios, a produção tem estreia confirmada dia 12 de março no Brasil, e tudo indica que será incrível. 

Confira o trailer:

Para quem não reconheceu, é a musa Catherine Zeta-Jones que está interpretando Olivia de Havilland, uma das mais respeitáveis estrelas da "Era de Ouro de Hollywood".

Bem, Feud é a nova antologia de Ryan Murphy, que já nos presenteou com as séries Scream Queens, American Horror Story e The New Normal, além, claro, de Glee. A cada temporada, teremos um novo conflito do mundo do entretenimento, não necessariamente celebridades do cinema.

O elenco conta ainda com nomes de peso, como Kathy Bates, Sarah Paulson, Stanley Tucci, Alfred Molina, Judy Davis, Alison Wright e Kiernan Shipka. Veja mais algumas imagens:

Você precisa conhecer Feud: Bette and Joan

 

Você precisa conhecer Feud: Bette and Joan
Você precisa conhecer Feud: Bette and Joan

Agora o mais curioso é que o aclamado filme de suspense foi um fôlego às carreiras das atrizes, sem contar que as filmagens são um show à parte. Nada menos do que delicioso acompanhar esse drama com muito sarcasmo, ainda mais na mão de um talentoso elenco, não é? 

E só para saber um pouco do que podemos esperar, seguem algumas curiosidades que tornaram a rivalidade entre as atrizes tão famosa:

1. Não se sabe, de fato, o que impulsionou as intrigas. Um dos palpites é que tenha sido o fato que ambas as atrizes competiam pelo papel de protagonistas à sua época; Bette era a menina da Warner e Joan da MGM, os dois grandes estúdios da época.

2. As duas nunca se bicaram e sempre deram declarações de mal gosto uma sobre a outra. Davis sempre foi a mais linguaruda e já disparou frases como: “Eu sou tão boa em interpretar malvadas porque eu realmente não sou uma… é por isso que a Srta. Crawford sempre interpreta as boazinhas”. Ou ainda: “Ela já dormiu com todos os astros da MGM, exceto a Lassie”.

3. Joan exigiu um camarim maior na primeira rodada de filmagens. Bette não deixou barato e então teria retrucado dizendo que camarins grandes não fazem bons filmes.

4. Tudo era motivo de disputa. Na segunda rodada de filmagens, Joan que era viúva do presidente da Pepsi, instalou uma máquina da bebida no estúdio. No dia seguinte, Bette não deixou por menos e mandou instalar uma máquina da concorrente Coca-Cola, bem ao lado.

5. Numa das cenas em que Jane maltrata sua irmã, dizem que Davis realmente chutou Crawford, para dar mais realismo. O fato não ficou por menos. No dia seguinte, Joan colocou pesos em suas roupas para a cena em que Jane tinha de arrastar Blanche pelo chão. Conclusão: Bette deu um jeito na coluna e teve de se ausentar das gravações por três dias. 

E aí, ansiosos? 

Técnicas infalíveis para driblar do parceiro a traição no Netflix

Júlia Korte
há 8 meses55 visualizações

E fique tranquilo, tá? Pesquisa revela que você não está sozinho

Técnicas infalíveis para driblar do parceiro a traição no Netflix
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Em tempos de straming e muito binge watching há uma nova epidemia se espalhando e crescendo globalmente, colocando em risco a relação de muitos casais: a traição do Netflix.

Já aconteceu com a maioria de nós, quer isso se aplique aos relacionamentos amorosos ou amigos, colegas de quarto ou irmãos. Vocês começam assistindo uma série e trocam juras de só continuarem juntos. Até que um dia, numa sexta-feira chuvosa, você se depara sozinho na cama, entediado... E aí bate aquela vontade de simplesmente dar o play.

Os números chegaram e a conclusão é que todos somos pessoas terríveis. De acordo com os dados da pesquisa da própria plataforma, 46% dos casais ao redor do mundo já acompanharam uma produção às escondidas. E 60% admitiram que “trairiam” mais frequentemente se soubessem que não seriam descobertos.

Quer rir ou chorar mais? Os maiores infiéis estão no Brasil e no México, onde 58% dos casais que fazem streaming já traíram. Tentar jogar um “verde” no seu amado(a) sobre aquela maratoninha despretensiosa do último domingo.

A razão para tanta “sacanagem”? É tão vazia, quanto previsível: falta de controle. 70% disseram que precisavam ver o que acontecia a seguir (e depois me falam que série não é vício, risos).

Nem o Michael Boton escapou dessa, mas ele te ensina direitinho a pedir desculpas. Veja :

Aproveitando, contamos então algumas soluções melhores do que praticar na frente do espelho a sua cara de “nossa, não acredito que ele fez isso!”ou “mataram ela, cretinos!”. Para não deixar transparecer sua indiscrição, seguem alternativas:

1. Rebobine. Tenha certeza de voltar o episódio ou série ao ponto em que você deveria estar. Assim aquele “continue assistindo” não vai dedurar sua traição.

2. Crie um "bode expiratório". Faça um perfil com nome qualquer, assista a alguns episódios e depois delete o perfil nas configurações. O que os olhos não veem, o coração não sente. 

3. Privacidade e discrição. Façam um acordo de ter uma conta conjunta e outra pessoal. Tipo o modelo da conta bancária, sabe?

4. Confira seus rastros. É possível apagar o histórico do Netflix. Isso vale para séries embaraçosas ou indiscrição televisiva.   

Por fim, deixo aqui as grandes séries inimigas dos casais: “The Walking Dead”, “Breaking Bad”, “American Horror story”, “House of Cards”, “Orange is the New Black”, “Narcos” e “Stranger Things”. 

Ah! E se nada disso se aplicar a você, como li por aí, é bom dormir com um olho aberto! 25% das traições ocorrem quando um dos parceiros adormece. #FicaADica 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
julia.korte
Jornalista e geek de coração. Praticante de binge-watching. Vive a base de cafeína e boa música. Um crush eterno em cinema e seriados.