O Brasil nosso de cada dia
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
O Brasil nosso de cada dia
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
O Brasil nosso de cada dia
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Lava-Jato não acessou computador de Odebrecht ainda porque ninguém sabe a senha

Júlia Korte
há 2 meses2.1k visualizações

Mistério do dia: dispositivo que gerava códigos automaticamente para notebook pessoal do ex-executivo está sumido

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Lava-Jato não acessou computador de Odebrecht ainda porque ninguém sabe a senha

Foto: Rede Metropolitana

Essa é uma daquelas notícias que parece ter sido fabricada para um boato de WhatsApp, mas é verdade: o computador de Marcelo Odebrecht ainda não foi investigado porque ninguém sabe a senha - nem ele mesmo.

Eu tô rindo, mas é de nervoso.

É isso mesmo! Em depoimento à Polícia Federal (PF) na semana passada, o ex-empresário teria afirmado que a senha temporária era gerada diariamente por um token. Porém, até agora, não foi encontrado o dispositivo eletrônico.

Pãããã!

Curiosamente, o tal laptop - que contém provas - já foi apreendido há mais de dois anos, na 14ª etapa da Lava Jato.

O fato causou um mal estar entre o Ministério Público Federal e a PF. Para a delegada Renata da Silva Rodrigues, a Procuradoria-Geral da República (PGR) deveria ter exigido o dispositivo eletrônico como condição para a delação premiada. Em documento, escreveu:

"[É] preocupante para as investigações que a obtenção de evidências contidas no laptop de Marcelo, e que teria sido por ele supostamente indicado à PGR como importante fonte de prova (contendo inclusive seus e-mails), não tenha exigido como condição sine qua non para qualquer acordo – de colaboração ou leniência, especialmente porquanto possa revelar novos fatos delitivos (...)"

Não sem surpresa, a Odebrecht disse que está colaborando com autoridades para esclarecer os fatos, assim como a defesa de Marcelo afirmou que seu cliente está comprometido a contribuir com a Justiça. Claro, né?

Muita gente também está achando para lá de suspeito, conforme algumas reações no Twitter: 

Bem, quem deu o sumiço no tal aparelinho, ninguém sabe. Nem advogados, nem o condenado. Todos supostamente estão preocupados, e a novela segue. Só nos resta aguardar os próximos capítulos.

As informações são do jornal O Globo

Preso pagava R$ 50 para amigo ser seu ‘dublê’ na cadeia

Júlia Korte
há 3 meses1.8k visualizações

O caso de "falsa identidade" ocorreu em São José do Rio do Peixe, na Paraíba 

Preso pagava R$ 50 para amigo ser seu ‘dublê’ na cadeia
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Foto: Reprodução/ The Portland Mercury 

Costumo evitar o termo "Só no Brasil...", mas às vezes algumas notícias simplesmente não permitem...

O caso bizarro do dia se passou na cadeia de São José do Rio do Peixe, no sertão da Paraíba, uma população de pouco mais de 15 mil habitantes. 

Tudo começou quando a direção do presídio em questão recebeu uma denúncia de que um dos seus presos, na verdade, não seria o mesmo homem que havia sido condenado. Quando as autoridades foram averiguar o caso, descobriram que Clauberto Willian Ferreira de Alencar estava realmente cumprindo pena no lugar de Anderson de Almeida Guedes. 

Preso pagava R$ 50 para amigo ser seu ‘dublê’ na cadeia

Foto: Reprodução/ PB Hoje

Como isso foi acontecer, ninguém sabe explicar direito! 

O mais curioso, no entanto, é que o jovem confessou ter sido contratado como "dublê" aos finais de semana no albergue da cadeia pelo montante de $ 50 por semana. É isso mesmo! 50 reais. Para isso, eles trocaram as fotos no documento de identidade. 

No fim, aparentemente, localizaram Anderson e ambos foram encaminhados à DP de Uiraúna para as providências cabíveis. #LiçãoDoDiaDeHoje 

Loucura, loucura, loucura. 

As informações são do PB HOJE, com Folha do Vale. 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
julia.korte
Jornalista e geek de coração. Praticante de binge-watching. Vive a base de cafeína e boa música. Um crush eterno em cinema e seriados.