Trouxiane.com
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Trouxiane.com
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Trouxiane.com
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

12 coisas que só quem mora sozinho vai entender

Júlia Korte
há 9 meses16 visualizações
12 coisas que só quem mora sozinho vai entender
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Independência é bom e todo mundo gosta. Chega uma hora da vida em que você finalmente sai da casa da sua família para montar seu próprio cantinho. A sensação é incrível. Então, você pensa: "Finalmente! Eu sou o chefe!". 

Realmente, tudo que você sonhou se torna realidade;  realmente, você vai poder escutar música no volume que quiser enquanto faz faxina, pagando as próprias contas não terá que dar tantas satisfações a ninguém e se quiser guardar um pedaço de bolo para mais tarde, nenhum irmão mais novo vai comer quando você não estiver vendo (não sei vocês, mas em casa era assim, sempre). 

Mas existem algumas coisas que você só descobre depois. E da pior forma... Frutinha picada na geladeira, lençóis cheirosos com cheirinho de amaciante e roupa passada são regalias e dão trabalho para manter. :( Você passa a valorizar e conhecer melhor algumas rotinas. Tudo bem, amadurecer é preciso - e faz parte.

Como não há nada melhor do que enfrentar essas pedras no caminho com um pouco de bom humor, aí vai uma lista de coisas que só que mora sozinho entende de verdade: 

ic-spinner

1. "Onde tá aquela brusinha?". Existe um buraco negro para onde vão todas as coisas que você perdeu. Provavelmente, ou elas estão na pilha de roupas sujas, ou foram guardadas erroneamente no cantinho do bagunça. 

2. Ninguém vai buscar (ou colocar pra secar) a sua toalha de banho. E muito menos repor o papel higiênico - o que pode te causar problemas.

3. Ficar doente é péssimo. Aquela gripezinha que você curava com canjinha e muitos líquidos provavelmente acabará sendo um pesadelo. Não há ninguém pra medir sua febre, a comida não vai brotar na geladeira e os boletos continuarão a chegar sem considerar sua saúde. 

4. Lixo e sujeira acumulam fácil. Melhor limpar de uma vez. "É só um copo", não existe mais. Tirar o lixo para fora com frequência, limpar a pia e outras atividades devem ser rotina. 

5. Quando você paga sua primeira conta, você se acha o máximo. O problema é que elas continuarão a vir e você não pode esquecer nenhuma. Ir ao banco é um inferno, mas chegar e ter a internet ou luz cortada é muito pior. Não se desorganize! 

6. Viver só de miojo não é legal. Pode ser até quebra-galho nada saudável para um dia ou outro, mas é preciso ir ao mercado com frequência, fazer salada e curtir uma frutinha. Mamãe não estava errada, ok? 

7. Se você fez uma gororoba, você vai ter que aturá-la a semana inteira. O que sobra, continua na geladeira e estraga eventualmente. Se você exagerou na receita, não tem jeito. Será a sua marmita nos próximos dias. 

8. Tem dias que a carência vai bater à porta. É bom ter amigos por perto para uns bons drinks ou dividir uma maratona de Netflix  com pizza. Se for o caso, você ainda pode chamar o namorado para ganhar cafuné. Mas é importante aprender a ficar com bem si mesmo acima de tudo. 

9. O Multicoisas será seu melhor amigo. Parafusos e cacarecos extremamente úteis vão sim ser um bom investimento. Muito mais que aquele sapato lindo que você vai usar uma vez. Gambiarras, a gente vê por aqui. 

10. Tupperware é uma maravilha pouco valorizada. Lembra quando você via sua avó e sua mãe brigando pelos potinhos de plástico coloridos e aquilo não parecia fazer sentido? Então, deixa sobrar um arroz e você não ter onde colocar... 

11. Falar sozinho é normal. E faz bem para a saúde mental. Acostume-se! Quando não tiver ninguém por perto, às vezes você vai acabar conversando com si mesmo. 

ic-spinner

12. Por fim, a roupa suja. Ela não se lava sozinha e nem sai do varal sem uma mãozinha. Passar é preciso quando se tem um emprego a manter. Cabe a nós ainda tornar amarrotado uma nova moda. 

Suspeitando do seu date? Esse bar tem uma solução para você

Júlia Korte
há 9 meses27 visualizações

Bares criam “código secreto” para clientes que não estão seguras com rapazes durante encontro

Suspeitando do seu date? Esse bar tem uma solução para você
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Praticamente todo mundo na vida adulta já esteve em um encontro com uma pessoa que não tem nada em comum (ou que sabe muito pouco quiçá nada). Pior ainda, com alguém que simplesmente parece não haver química nenhuma... É aquele momento constrangedor em que você pensa: "Por que saí de casa? Seria tão melhor assistir a Game of Thrones comendo uma pizza". 

Isso é o que já passou pela minha cabeça. Mas, independente do seu gosto, o fato é: quem nunca esteve em um date péssimo - mesmo que seja com um crush magia - que você não via a hora de terminar? 

Em tempos de Tinder, Happn e cia, mais ainda. A cada dia, crescem o número de usuários com histórias de sucesso (meu relacionamento é uma delas, mas esse conto fica para outro dia). E, na mesma medida, também crescem os contos de terror; seja porque a pessoa não parecia nada com as fotos ou personalidade via mensagem, seja porque era um típico caso de catfish (descrição ao final da matéria)

O fato é: no melhor dos cenários, você gastou a sua "brusinha" nova e perfume importado. Mas e quando o encontro gera uma sensação muito pior, algo que as mulheres (infelizmente) conhecem tão bem... A insegurança?  

Pensando justamente nisso, que um Hooters, na África do Sul, criou um código para as clientes que precisarem de ajuda. O aviso, que foi colocado no banheiro feminino, era o seguinte:   

Suspeitando do seu date? Esse bar tem uma solução para você

Em tradução livre, o texto diz: 

“Você está num encontro que não está indo muito bem? O seu pretendente do Tinder não era exatamente quem dizia no perfil? Você se sente insegura ou numa situação estranha? 

Nós estamos aqui para te ajudar. Vá ao bar e peça um Angel Shot.

Se você pedir o puro, o barman vai te acompanhar até o seu carro; se pedir com gelo, o garçom vai pedir um Uber ou um Lyft para você; se pedir com limão, vamos chamar a polícia.

Nós vamos lidar com as coisas discretamente, e sem muita confusão. Queremos que você saiba que está em boas mãos”.

O cartaz da foto, postado por Renaldo Gouws, foi compartilhado mais de 75 mil vezes por usuários do Facebook. Curiosamente, quando o caso se tornou viral, outros usuários passaram a compartilhar fotos de outros locais que fazem uso da medida, como o exemplo abaixo: 

Segundo tabloides britânicos, avisos semelhantes estão espalhados em bares no Reino Unido, orientando as mulheres a pedirem a bebida se precisarem. 

Com a repercussão, muitos usuários alegaram que qualquer um pode pedir o drink, independente da situação. Contestaram e reclamaram falando da inutilidade agora que está em todo canto. De secreto, o código não tem mais nada, verdade. Porém, o objetivo, que é evitar a violência sexual ou outros tipos de abuso, não é menos digno por isso. 

Como mulher, é sim muito bom saber que podemos ter ajuda e denunciar. Porque brincadeiras a parte, com tédio, nós sabemos lidar. Mas medo da violência sexual é assunto sério. E, por isso, aplaudimos iniciativas como essa. 

***Para quem não sabe, catfish é uma gíria designada para uma pessoa que possui um perfil falso nas redes sociais e mantém um relacionamento online com alguém que não sabe sua verdadeira identidade. Catfish também é o peixe bagre aqui no Brasil (fonte: MTV). 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
julia.korte
Jornalista e geek de coração. Praticante de binge-watching. Vive a base de cafeína e boa música. Um crush eterno em cinema e seriados.