VIAGEM

NO CAMPO - CATUÇABA, um hotel incomum para dias sem conexão

Juliana A. Saad
Author
Juliana A. Saad

Por: Juliana A. Saad @jusaad1

NO CAMPO - CATUÇABA, um hotel incomum para dias sem conexão

Os passeios a pé, trekkings e cavalgadas (inclusive noturnas), seduzem os grupos de pessoas interessantíssimas que riem e desfrutam de uma taça de tinto em frente à lareira e aguardam o jantar de gostosos pratos elaborados com as hortaliças, verduras e frutas orgânicas produzidas lá mesmo.

NO CAMPO - CATUÇABA, um hotel incomum para dias sem conexão

Em torno do casarão colonial orbitam cinco confortáveis estruturas de hospedagem, decoradas com elegante simplicidade e propositalmente sem TV, telefone e internet. Os detalhes fazem a diferença: a gentileza caiçara dos funcionários, a elegância européia abrasileirada dos proprietários, o clima artsy rocker dos hóspedes e o design chiquérrimo e desencanado dos Irmãos Campana, que também desenharam uma catedral de bambu especialmente para a Catuçaba.

NO CAMPO - CATUÇABA, um hotel incomum para dias sem conexão

Em uma bela construção de 1850, a antiga estância de café com 450 hectares abriga um hotel de campo incomum: a Fazenda Catuçaba. Com vibe totalmente sustentável, a serenidade, arte e luxo orgânico se encontram com a essência da cultura brasileira, a casa de fazenda. Ali, tudo convida ao relaxamento: a privacidade da localização, a vista para as montanhas, lagos, montanhas, cachoeiras e as obras de artistas vindos de perto e de longe que inserem suas criações nos morros e jardins.

Ah, imperdível é o piquenique no alto do morro ao pôr do sol, com uma vista panorâmica da cadeia de montanhas que cerca o limite entre os estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

www.catucaba.com

NO CAMPO - CATUÇABA, um hotel incomum para dias sem conexão