Siga o ⚡️Raio Goumetizador
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Siga o ⚡️Raio Goumetizador
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Siga o ⚡️Raio Goumetizador
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

QUAL É A BOA? PIRATEANDO NA COZINHA COM ABACAXI AO RUM

Por: Raio Gourmetizador

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
QUAL É A BOA? PIRATEANDO NA COZINHA COM ABACAXI AO RUM

O rum é um dos campeões em utilização na cozinha, seja flambando, marinando ou molhando a goela de quem está diante do fogão. Ligado à vida dos piratas e bucaneiros que infestavam o Caribe, que o bebiam com espantosos 100 graus de teor alcoólico ou até mais, ele vai muito bem com o abacaxi, em tropical parceria de gosto. Esta receita é capaz de inflamar seus convidados.

Ingredientes

Um belo abacaxi maduro

3 colheres (sopa) de mel

1 colher (sopa) de suco de limão

1 dose generosa de rum

1 colher (sopa) de baunilha

Jeitão de fazer

Pré-aqueça o forno.

Misture o mel, o suco de limão, o rum e a baunilha numa panelinha, mais 3 colheres (sopa) de água. Leve ao fogo baixo, misturando bem, até quase caramelizar.

Descasque o abacaxi e corte-o em fatias. Coloque as fatias em uma assadeira e regue com o xarope de mel e rum.

Leve ao forno até o abacaxi ficar dourado. Vire as fatias e deixe o tempo necessário para dourar desse outro lado.

Dá pra comer morno ou frio. Se quiser, uma bola de sorvete de baunilha acompanha bem.

NA CHAPA: COXINHA DO FRANGÓ, A BOA DA FREGUESIA

Por: Raio Gourmetizador

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
NA CHAPA: COXINHA DO FRANGÓ, A BOA DA FREGUESIA

O carnaval ferve na praça e pode estar rolando “Sou um punk da periferia / Sou da Freguesia do Ó / Ó Ó Ó Ó Ó Ó Ó Ó! / Aqui prá vocês!”. Pulou, cantou Gilberto Gil e se acabou ao lado e no Largo de Nossa Senhora do Ó? Então, ó, bora comer coxinha no Frangó. Fácil, fácil, uma das melhores do planeta - o difícil é escolher uma das mil e uma cervejas da carta.

NA CHAPA: COXINHA DO FRANGÓ, A BOA DA FREGUESIA

Completando 30 anos em 2017, esse bar/restaurante ficou famoso pela dupla cerveja e coxinha, mas tem outras coisas boas no cardápio, inclusive um franguinho no jeito feito na brasa do carvão (de verdade, não é na televisão de cachorro).

Mas ninguém resiste à coxinha: úmida, com recheio sem pão-durismo e casquinha crocante selando o catupiry, conjunto que merece todas as honras celestiais vindas da Senhora do Ó ao lado.

Onde? Ora, no Largo da Matriz Nossa Senhora do Ó, 168 – São Paulo - tel. (11) 3932-4818 frangobar.com.br

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
juliana.saad
Jornalista especializada em Viagem, Estilo de Vida e Luxo. Percorre o mundo em busca dos destinos, pessoas e experiências mais interessantes do planeta.