OUTROS

AREIA MOVEDIÇA

Julia Soicher
Author
Julia Soicher

sou claustrofóbica.
acho que sempre fui.
não gosto de espaços fechados.
não suporto me sentir presa.
repudio ser cercada.

sou viciada em liberdade.

irônica essa minha existência.
que obedece padrões.
se enclausura em normas.
se submete a autoridades.
só me restam minhas escolhas.

pra onde vou.
como vou.
escutando o que.
pensando em quem.

mas não.
até isso me tiraram.
estive adormecida por um tempo.
precisei de ajuda para respirar.
e sou grata eternamente ao auxílio que salvou minha vida.

mas hoje
acordei.
percebi que estava acorrentada.
enquanto estive ausente escolhas foram feitas por mim.

não sei para onde fui.
não sei como fui.
não sei o que escutei.
não sei em quem pensei.

hoje
acordei.
me deparei com as escolhas já feitas.
um outro se sentiu responsável.
me declarou incapaz.
me privou daquilo que mais prezo.

fui empurrada na areia movediça.
e agora só afundo.

sonâmbula demais para perceber.
já me encontro enterrada.
na altura da cintura.

me contorço.
me movimento.
me chacoalho.

é em vão.
a dor passa despercebida.
quanto mais eu luto.
mais me prendo.
a liberdade transborda de mim.
lenta e dolorosamente.

e eu em minha prisão particular.
esgotando meus dias.
aceito minha paradoxal existência.
aguardo ser puxada.
dessa areia movediça.