BELEZA

10 perfis no Instagram que celebram a diversidade da beleza

Autor
10 perfis no Instagram que celebram a diversidade da beleza

(Imagem: Reprodução / Instagram g0lden.bebe)

O movimento que reforça que todo corpo é lindo, batizado em inglês de “body positive”, ganha cada vez mais espaço nas redes sociais. A ideia é ver e aceitar nossos próprios corpos com mais positividade.

Começou com as modelos e instagrammers plus size, mas se espalhou para mulheres deficientes, fotos de corpos pós-parto e várias outras características, mostrando que beleza de verdade não tem regra nem padrão.

Conheça alguns perfis do Instagram inspirados no movimento:

scarrednotscared

Uma foto de Michelle Elman, de 21 anos, se tornou viral em 2015. A imagem postada no Instagram mostrava a jovem de biquíni, feliz e confiante num corpo que exibia cicatrizes de diversas cirurgias na barriga. Teve muita crítica, mas também teve muita gente se identificando com a atitude. Michelle hoje tem mais de 76 mil seguidores, um livro sobre sua jornada (Am I Ugly?) e palestras do TED no currículo.

I don't edit my photos. I don't put filters on them. The only thing I have occasionally ever done is turn the brightness up if the photo is too dark. That's it. I'm actually shocked that I have to say this because you would expect it to be the norm amongst body positive influencers. But no. More and more, I'm seeing even "body positive accounts" edit out the imperfections they aren't discussing. Does no one see a problem in editing out your acne in a photo saying how much you love your cellulite? Or slimming down your waist while you tell everyone how much you love your curves? Your followers don't know any different. Your followers won't know you selectively edit things out. Body positivity should be a safe space where photos can be trusted and airbrush and photoshop aren't used. If you don't like the photo, it's better that you don't post it, than post a photo which ultimately isn't you. I've seen a lot of people say that this is part of the fashion industry or the beauty industry. Well I say, it doesn't have to be! Isn't this what we are all supposedly meant to be standing for? If we are still perpetuating these false images of ourselves and simultaneously claiming how much we love ourselves, then we are part of the problem. You don't love yourself if you only selectively accept certain parts of your body. You don't accept yourself if you want to change yourself in a photo. There is no judgement in those sentences, they are just facts. You can be body positive with insecurities, but just be honest about them instead of covering over them with photoshop. You can be body positive without being body confident but be authentic and real and just say that! What isn't body positive is pretending to look like someone you aren't! So when you say "no airbrush" above your photos, it does not mean "only a little airbrush", it means NO AIRBRUSH. NONE. Stop lying to your audiences. #ScarredNotScared

A post shared by Michelle Elman (@scarrednotscared) on

@g0lden.bebe

O nanismo não é freio para as poses provocantes e bem sensuais da americana Dru Presta. Sucesso garantido entre seus mais de 23 mil seguidores no Instagram. 

takebackpostpartum

Com 109 mil seguidores, o perfil reúne foto de diversas mulheres expondo seus belos corpos pós-parto. As cicatrizes de cesárias, os seios que amamentam ou a diversidade de formatos da barriga de mulheres que acabaram de ter seus bebês são imagens frequentes por aqui. A página também reúne mensagens de positividade para as novas mamães aprenderem a aceitar e comemorar seus copos cheios de história.

winnieharlow

O perfil da modelo canadense Winnie Harlow mostra uma rotina de passarelas, festas, praia e diversão. Mostra também uma mulher muito segura em sua pele marcada pelo vitiligo. 

Summer please take me back 💙

A post shared by ♔Winnie Harlow♔ (@winnieharlow) on

On the Hotline 📟

A post shared by ♔Winnie Harlow♔ (@winnieharlow) on

Netflix & chill? 📽🍿

A post shared by ♔Winnie Harlow♔ (@winnieharlow) on

pinkinkfund

A Pink Ink Fund é uma organização que arrecada fundos para patrocinar tatuagens para mulheres que passaram por uma mastectomia. Com mais de 11 mil seguidores, o perfil da ONG reúne também fotos de outros institutos e projetos, sendo uma fonte sem fim de inspiração.

effyourbeautystandards

A americana Tess Holliday é uma modelo plus size toda tatuada que faz sucesso em grandes campanhas. Já foi até fotografada por ninguém menos que David LaChapelle, um dos maiores fotógrafos da atualidade. Mas além de seu perfil pessoal no Instagram (tessholliday, vale conferir também), ela criou também uma página para reunir diversos tipos de mulheres (e alguns homens) e mostrar que beleza não tem padrão.

mamacaxx

Sabe aquele tipo de pessoa que para o trânsito e tem plena consciência do quão bonita é? Então.. esse é o caso da modelo haitiana Mama Cax, que teve uma perna amputada por conta de um câncer. Em seu perfil, a prótese aparece em quase todas as fotos dela, que já foi convidada até para dar palestra na Casa Branca durante a administração de Barack Obama.

marnawheels

Marna Michele, de 26 anos, canta, encanta, vive intensamente e serve de inspiração para outras mulheres cadeirantes.

Love this dress, loved today. Weddings are so fun! #asos #plussizefashion #arthrogryposis #weddingseason

A post shared by Marna (@marnawheels) on

biggalyoga

Os treinos de yoga de Valerie Sagun são acompanhados por mais de 150 mil pessoas. Seu perfil prova que não existe padrão para corpo flexível e esportivo.

almeidanara

A Nara é a definição de mulherão. Linda e sempre com um sorriso no rosto, tem lindas fotos típicas de blogueiras de moda. Com um detalhe: seu Instagram, com mais de 800 mil seguidores, registra a rotina da modelo na luta contra o câncer. 

Gostaria de agradecer mais uma vez a todos os meus seguidores que me apoiam e não vê com maldade nos meus posts, que estão sempre mandando msg de carinho e me apoiando. E gostaria de pedir pras pessoas sem amor no coração que estão aqui só pra julgar tudo que eu falo com maldade que parassem de me acompanhar. Desde que resolvi mostrar minha vida no insta eu sabia que poderia receber comentários positivos e negativos mas no momento eu não estou em condições de ficar me explicando a cada post, tudo que eu post vira alvo de críticas absurdas e logo me vejo na necessidade de ter que me explicar mesmo sendo bem menor o número de críticas! Queria dizer que meu intuito aqui nunca foi ganhar likes nem seguidores, até pq eu sempre tive isso de forma natural. Desde que descobri a doença eu me achei no dever de compartilhar com outras pessoas não pra me aparecer mais pra incentivar pessoas da minha idade a se cuidarem mais, pra mostrar que não é porque somos jovens e saudáveis que estamos imune a doenças graves. Eu nunca quis ser só mais uma pessoa aqui, e não quero partir sem ter feito algo de construtivo, entendam que eu estou aqui somente com o intuito de alertar e motivar vocês a lutarem pela saúde e pela vida! A partir de hoje eu não abro mais meu DM, se quiserem me mandar algo legal pode comentar em minhas publicações que eu vejo tudo! Doi mt abrir meu direct e ver críticas, xingamentos, depoimentos de gente sem amor ao próximo. Peço PAZ,AMOR e mais RESPEITO por TODOS e principalmente pelos que estão passando por momentos delicados. Aos que torcem por mim e gostam de me acompanhar é por amor e respeito a vocês que estarei atualizando meu canal no YouTube com todos os depoimentos e dicas sobre meu tratamento. Muito OBRIGADAAAA 💕✨🙏 #maisamor #maisrespeito #cancer #outubrorosa

A post shared by Nara Almeida (@almeidanara) on

#instagram #beleza #bodypositive