BEM-ESTAR

7 dicas para ser feliz e saudável comendo marmita

Lilis Sobral
Author
Lilis Sobral

Quantas vezes só em 2017 você já prometeu cuidar da saúde de dentro para fora e começar a comer melhor?

7 dicas para ser feliz e saudável comendo marmita

Crédito: Flickr / blairwang

A correria do dia a dia, as tentações daquele “quilão” com a turma do escritório e até o bolso muitas vezes ficam no caminho de quem quer cuidar da alimentação sem passar fome nem vontade.

Para resolver de vez os seus dilemas, separamos 7 dicas para acertar na hora de fazer marmita e assumir o controle sobre o que você come.

Bom apetite!

1 - Separe a salada e legumes frios dos pratos quentes

A marmita de amanhã está pronta? Ainda dá tempo! Digite marmita na busca do site Panelinha (panelinha.com.br).

A post shared by Editora Panelinha (@editorapanelinha) on

Pode parecer uma dica óbvia. Mas como há modelos de marmita que têm várias divisórias dentro de um mesmo recipiente, é comum que as pessoas montem o prato inteiro ali dentro. Porém, além de ficar mais fácil dispor tudo no prato na hora do almoço, separar os alimentos assim conserva as folhas mais fresquinhas.

Uma dica é investir nas saladas em potes. Use recipientes de conserva para deixar a salada pronta, com o molho lá no fundo, por até sete dias na geladeira (e sem murchar!). Na hora de servir, é só agitar o pote e colocar no prato.

2 – Aliás, use pratos

A copa, cozinha ou refeitório das empresas quase sempre fornecem talheres, bowls e pratos. Às vezes, na pressa (ou preguiça de lavar a louça depois), é grande a tentação de comer dentro da própria marmita.

A questão é que aquela história de “comer com os olhos” é muito verdade.

Montar um prato bonito ajuda a comer mais lentamente, o que mantém por mais tempo a sensação de saciedade.

3 - Invista em acessórios

Podem ser recipientes de plástico da sua cor preferida, o famoso bentô japonês ou bolsas térmicas que combinem com seus looks, não importa. Gaste um tempo para escolher artigos que você goste para transportar sua marmita e, assim, manter sua empolgação.

4 - Pense na quantidade

Dependendo do recipiente escolhido, o espaço para colocar o prato quente pode ser muito pequeno para a fome de quem vai precisar energia para encarar o segundo tempo do trabalho. Lembre-se do tamanho da sua fome na hora de acomodar sua marmita.

5 - Abuse do freezer

Monte uma lista de receitas que continuam boas após congeladas. Assim, você pode cozinhar grandes quantidades de uma única só vez e preparar o almoço da semana inteira em apenas poucas horas de um dia. Risoto, por exemplo, é uma delícia, mas não é a comida mais amigável quando o assunto é marmita.

6 - Convoque os amigos

Tudo fica mais fácil quando temos fiéis escudeiros por perto. Que tal propor para os amigos um dia especial para todos levarem marmita? Ou sugerir uma brincadeira simples, na qual vocês trocam a quentinha uma vez por semana e surpreendem os amigos.

7 - Inspire-se

Marmita está na moda e o que não faltam são imagens bonitas pela internet e pessoas dando receitas espertas para quem gosta de comer o que prepara. Use o Pinterest, Instagram e YouTube para buscar ideias específicas ou até mesmo para bater o olho naquelas fotos produzidas de marmitas preparadas.