ECONOMIA

3 formas de investir em ações sem perder o sono

Author
3 formas de investir em ações sem perder o sono

(Imagem: Pexels)

A complexidade do mercado financeiro e possibilidade de altos rendimentos com ações encantam, mas também assustam os investidores de primeira viagem. Ver o vai e vem da bolsa, acompanhar preços e bolar estratégias são coisas fundamentais nesse universo, mas que exigem muita dedicação e tempo.

Quem quer aplicar, mas não tem experiência ou disponibilidade para acompanhar sozinho uma carteira, tem algumas possibilidades bastante interessantes para ganhar dinheiro no mercado de capitais. Conheça três delas:

ETFs

São fundos de investimentos que copiam a composição de algum índice da bolsa. Por exemplo: um ETF do Índice Bovespa tem em seu portfólio as mesmas ações do indicador. É uma maneira mais rápida, prática e barata de ter uma participação em várias empresas sem precisar traçar uma estratégia muito complexa. Outra vantagem é que num mesmo índice tem papéis de várias companhias e, às vezes, de setores muito diferentes. Assim, a diversificação já é parte natural dos ETFs, o que torna o investimento mais seguro. A sigla vem de Exchange Traded Fund em inglês.

Clubes de investimentos

Nessa modalidade, um grupo de no mínimo três e no máximo 50 pessoas se reúne para investir junto. Pelo regulamento da BM&FBovespa, o grupo precisa escolher uma corretora para ser a administradora. Essa instituição vai ser responsável por cuidar de toda a documentação e ser a ponte entre o clube e o mercado.

A regra também determina que no mínimo 67% da carteira dos clubes deve estar aplicada em ações, bônus de subscrição, debêntures conversíveis em ações de emissão de companhias abertas, recibos de subscrição, cotas de fundos de índices de ações negociados em mercado organizado e certificados de depósitos de ações. Também diz que nenhum cotista pode ser titular de mais de 40% do total das cotas. O administrador pode ajudar também no controle desses limites.

Fundos de investimentos

Ao contrário dos clubes de investimento, os fundos são mais abertos, podendo receber novos cotistas em diferentes momentos. Pelos fundos, é possível aplicar em carteiras que são mais voltadas à renda variável ou em portfólios mistos. Ou seja: tem fundos para qualquer perfil de investidor. A principal vantagem dessa modalidade é ter um administrador especializado cuidando dos seus investimentos por um preço muito mais acessível do que num serviço individual.

Para aplicar num fundo, o investidor precisa escolher uma corretora, abrir uma conta e ver as opções disponíveis diretamente na plataforma de investimentos.

Interessou? Conheça suas opções no site da Easynvest.