PT

Se você é de esquerda, esqueça o PT: só sobraram os que lincham e relincham

Autor

O PT simplesmente resiste a fazer uma autocrítica séria de seus erros; o melhor é atacar quem tenta. Basta ver as reações à condenação de Lula hoje

Se você é de esquerda, esqueça o PT: só sobraram os que lincham e relincham

Lula é Deus e ponto: e aí de quem disser o contrário!!! (Foto: Ricardo Stuckert)

Após a condenação em segunda instância, nesta quarta-feira (24), Luiz Inácio Lula da Silva já virou história. Concorrendo à base de liminares ou desistindo da campanha, o fato é que o ex-presidente verá uma debandada de aliados e, cedo ou tarde, seu brilho se apagará. É triste. Lula poderia entrar para a história como o maior líder popular desde Getúlio Vargas, mas optou por fornicar na alcova da casa-grande. Paciência. A hora é de fazer o rescaldo da esquerda, juntar cacos e procurar novos líderes, caminhos, propostas. Mas, sinceramente, se você, como eu, busca uma esquerda melhor, esqueça o PT: sobraram ali apenas quem lincha e relincha. Exagero? Eis uns exemplos das reações contra o texto que publiquei de manhã, aqui no Storia, e que coloquei num grupo fechado do Facebook (União das Esquerdas), com mais de 40 mil membros.

Se você é de esquerda, esqueça o PT: só sobraram os que lincham e relincham

Basicamente, a reação dos membros foi uma só: linchamento público. Alguns xingaram, alguns ridicularizaram, alguns me taxaram de coxinha, bolsonarista, idiota etc. Só faltou fazer meu mapa astral e dizer que minhas ideias eram típicas de um taurino com ascendente em câncer, lua em libra e signo chinês de Tigre. Só não vi quem, com um interesse legítimo, se dispôs a ler o texto e debater seu mérito: Lula errou ou não errou ao pactuar politicamente com tudo o que há de mais podre na política brasileira? Havia como sobreviver e governar sem vender a alma a Geddel, Renan, Sarney e companhia?

Queimando o filme

À parte os casos patológicos de paranoia (no sentido clínico mesmo – aquele que constrói uma realidade paralela), era de se esperar que, neste momento de crise profunda da esquerda, seus simpatizantes estivessem quebrando a cabeça para achar caminhos, reconquistar a confiança do povo e lutar por novos e melhores tempos para o Brasil. O propósito do texto (e de todas as críticas que fiz e mantenho sobre Lula e o PT) nunca foi o de promover a direita. Foi o de buscar uma esquerda melhor, mais consciente e moderna. Mas... ah... como sou ingênuo!!

Se você é de esquerda, esqueça o PT: só sobraram os que lincham e relincham

Mas não quero ficar no chororô de “coitadinho, me xingaram”. Há algo de realmente significativo, e que é o que deve ser debatido. O PT simplesmente resiste a fazer uma autocrítica séria de seus erros. Se o partido se afundasse sozinho, seria um problema apenas dele. Sendo, contudo, a maior legenda de esquerda, sua derrocada arrasta todo o campo progressista com ela. Em bom português: seu fracasso queima o filme de toda a esquerda. E essa é a parte que me toca. Ao contrário do que querem os petistas, não sou coxinha, bolsonarista, nem de direita. Quero, sempre quis, uma esquerda melhor. E quem atrapalha isso, hoje, é o PT.

Gramsci adoraria

Não há nada de errado em defender posições. É pelo embate franco de ideias que se chega a uma síntese melhor. Em tese, é assim que a dialética funciona, desde que aprendemos a falar. O desanimador, contudo, está no fato de os grupos de esquerda dominados pelo PT insistirem em matar o mensageiro, em vez de contradizer a mensagem. Ao fazer isso, agem exatamente como aqueles que criticam: são apenas militantes buscando manter a hegemonia do “aparelho”, bem ao estilo que adoram criticar na direita, e pensado por Antonio Gramsci. Neste sentido, os ataques que sofri ao longo do dia, no grupo União das Esquerdas, são sintomáticos.

Se você é de esquerda, esqueça o PT: só sobraram os que lincham e relincham

Os petistas estão, simplesmente, com os ouvidos tapados. Resultado previsível: após um dia inteiro de ofensas e desmoralizações em geral, meu post foi removido. Ao questionar a decisão com um dos moderadores (nenhum post é publicado sem aprovação prévia de um dos administradores do grupo), mais ironia e desqualificação.

A condenação de Lula, hoje, infelizmente não deixará nenhuma lição para a esquerda. Pelo menos, não para a liderada pelo PT. É hora de deixá-lo falando sozinho e buscar novos caminhos. Não será difícil... o PT já está mesmo...

(PS: enquanto terminava este texto, o PT publicou uma nota pública condenando a decisão da segunda instância contra Lula. É bem pedagógica. Leia!)

Se você é de esquerda, esqueça o PT: só sobraram os que lincham e relincham