OUTROS

Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.

Maiara Andressa Bonfanti
Author
Maiara Andressa Bonfanti

Hoje vamos falar sobre o figurino excêntrico de um clássico dos anos 80. SIIIM, aquela inesquecível época das polainas, spray e gel purpurinado no cabelo, sem esquecer as pochetes, ombreiras e os demais acessórios fashion.

O fime em questão é Pretty in Pink ou "A Garota de Rosa Shocking", foi lançado em 28 de fevereiro de 1986 (inclusive esse ano fez 30 anos) dirigido Howard Deutch. Retrata a história de Andy Walsh ( a deusa ruiva Molly Ringwald) que é uma menina pobre que se apaixona por uma boy rico, Blane McDonough (Andrew McCarthy) aí o resto da história vocês até já sabem né? Mas ele retrata alguns pontos importantes como o alcoolismo o desemprego e também as diferenças sociais nos EUA que eram gritantes nos anos 80.

Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.

O figurino de Marilyn Vance (que assinou o figurino de Julia Roberts em "Uma Linda Mulher") mostra o lado revolucionário da moda dos anos 80, cheia de excessos. A década dos anos 80 foi toda reinventada, o estilo hippie dos anos 60 | 70 sai de cena e entra o avanço da tecnologia. Os new wave, yuppies, a geração saúde, que inserem ao dia a dia as roupas de ginástica, estampas demasiadas e cabelos assimétricos. Ainda contrastante com o início do "vintage", dando uma nova cara ao estilo oitentista.

Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.

A partir do figurino conhecemos 3 personagens principais do filme, Andie e Duckie com o estilo "vintage", Iona que carrega o estilo mais característico da época. Mas além deles temos Blane um menino rico que não está ligado aos exageros da moda dos anos 80.

ANDIE.

O estilo da protagonista, reflete sua linda personalidade e também sua condição social. Com peças mais vintage, Andie customizava suas roupas dando um ar mais próprio a sua história. A presença da cor rosa em quase todas suas peças inclusive no seu carro é uma das características mais marcantes dela. Se olharmos em volta, Andie ainda é uma personagem super atual, claro que com alguns excessos, mas não podemos esquecer que ela carregou o vestido mais icônico no cinema. O vestido rosa feito a partir de outros dois vestidos faz Andie se destacar entre manga bufantes e babados.

Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.
Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.
Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.
Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.
Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.
Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.
Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.
Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.

CURIOSIDADE****Marilyn Vance, conta que Molly Ringwald odiou o vestido. "Molly odiou o vestido! Muitas das roupas dela como Andie Walsh eu achei em brechós, então para o vestido, eu cortei dois outros e fiz a roupa para a formatura, exatamente como ela faz no filme. O pobre do John Hugher, que estava no trailer de Molly junto a seu tutor chegou a brigar comigo dizendo 'Você não pode colocar ela em algo que ela odeia tanto!' e eu disse 'A Andie não deveria se vestir como um vestido de Madonna (o estilo dos anos 1980 da cantora), e ela também não deve se vestir como os outros, ela é única, ela faz sua própria roupa, tem seu próprio estilo', e então o John decidiu, e Molly usou o vestido", contou Marilyn em entrevista à revista Dazzed.

Duckie.

Duckie, o melhor amigo apaixonado carrega todo o drama e o humor do filme em seu figurino. Assim como Andie ele continua sendo muito atual, ternos, jaquetas sobrepostas, além de seu sapato branco. O charme todo dele fica na armação redonda (muito em alta) do seu óculos de sol e nas suas roupas criativas e divertidas.

Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.
Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.
Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.
Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.
Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.

Iona.

Ela carrega mesmo a representação oitentista, que percorre pelo new wave a kitsch punk. Com visuais e penteados elaborados e nada convencionais ela abusa das referencias punks e orientais. AH, e ão podemos esquecer das suas perucas e de seus apliques.

Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.
Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.
Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.
Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.
Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.

Blane.

O menino rico Blane pertence aos preppies, uma tribo urbana que se refere as pessoas de um alto nível social e econômico. Ele tinha um estilo mais clássico e conservado, os exageros dos anos oitenta passavam longe da elite, que se apresentava em tons mais sóbrios e acessórios conservadores. O personagem vivia com bons blazer's e camisas em tons claros.

Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.
Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.
Pretty in Pink, a clássica nostalgia dos anos 80.

O interessante desse filme, além da história que é demais, é que você encontra as peças de roupa que você usa hoje, claro que não com tanto exagero. Os óculos de armação redonda, o blazer, as leggings florais, o pulseirismo, o mix de estampa, a jaqueta bomber, o warfare, a única unha pintada. Enfim é tanta coisa, tanta tendência, que não tem como não amar esse filme. <3