ARTES

Último sonho diferente

Marcello Miyake
Author
Marcello Miyake

Deitei, dormi

Dormi, sonhei

Acordei…

Triste.

Não pelo sono, não pelo sonho

Já faz tempo

A mesma constância insaciável

Insatisfeito

Anseio pela noite, pelo leito

Meu leito

Mesmo sabendo que a noite se tornou corrosiva

A mesma corrosão que dissolveu o castelo de areia

Areia do Sonhar

Matou o Devaneio

Roubou sua criatividade

“Não agora que ele dormiu!”

Clamou o perpétuo nem-tão-perene

Você o matou

Você a roubou

Desejo ou sina

É você que me impede de sonhar diferente