SAÚDE

Adesivo eletrônico monitora nível de açúcar no sangue

Autor

Aparelho promete substituir as agulhas no controle diário de diabetes

Adesivo eletrônico monitora nível de açúcar no sangue

(Foto: Divulgação/Universidade de Tsinghua)

Os diabéticos sabem como é desagradável furar o dedo diariamente para medir a glicose. Até existem outras soluções, como um tubo que fica dentro da pele e checa o tempo todo a quantidade de açúcar no sangue. Mas uma novidade publicada na revista Science Advances sugere uma alternativa bem menos invasiva: um adesivo eletrônico.

Trata-se de um biossensor finíssimo que parece tatuagem e usa sinais elétricos para puxar a glicose para fora dos vasos sanguíneos. A tecnologia, criada por pesquisadores da Universidade de Tsinghua, na China, é tão simples que a bateria é feita de papel.

No teste descrito pela publicação, dois pacientes saudáveis e um com diabetes usaram o aparelho por cinco dias e conseguiram medir seus níveis de glicose tão bem quanto em testes clínicos, sem reclamar de desconforto.

Vários outros equipamentos tentam realizar esse teste de maneira não-invasiva, mas nenhum até agora foi aprovado para uso médico. Um dos métodos envolve colher suor para checar a glicose, mas a alternativa é imprecisa quando o nível está baixo demais. Outra maneira é verificar como a luz reflete na pele (há uma variação de acordo com a quantidade de açúcar), mas as agências de saúde também consideram essa alternativa pouco confiável.

Em entrevista ao site Gizmodo, um dos autores da pesquisa, Yihao Chen, disse acreditar que o sistema pode monitorar continuamente a glicose com a precisão exigida pelos médicos. Ele afirma, porém, que os cientistas ainda precisam calibrar melhor o equipamento antes de apresentá-lo aos órgãos de regulamentação.