TECNOLOGIA

Carros, motos, aviões… chegou a hora da escavadeira autônoma

Autor

Ex-engenheiro do Google investe em máquinas de construção que dirigem sozinhas

Carros, motos, aviões… chegou a hora da escavadeira autônoma

(Foto: YouTube/Built Robotics)

Os carros autônomos ainda nem estão nas ruas pra valer, mas parece que a tecnologia dos veículos que dirigem sozinhos está se espalhando e ganhando outros tipos de uso, para além do transporte de passageiros.

Um ex-engenheiro do Google acaba de levantar US$ 15 milhões para colocar uma escavadeira autônoma no mercado. O nome da startup que está construindo o veículo é Built Robotics.

Em teoria, a invenção funciona exatamente como os carros da Waymo ou GM, que usam um radar para verificar as condições do ambiente e calcular seus movimentos. A diferença é que uma escavadeira precisa de um sistema de proteção contra vibração - o terreno é um tanto mais acidentado, convenhamos.

Existe mais uma diferença importante: o sistema da escavadeira manda o veículo colidir com o ambiente para retirar a terra, e não evitar bater, como no caso dos carros. Em certo sentido, o programa é menos complexo, pois não precisa levar em conta uma porção de variáveis, como semáforos. Apesar de as áreas de construção serem menos congestionadas, o equipamento tem alertas de segurança para evitar machucar os trabalhadores.

O veículo está em teste num terreno em São Francisco, na Califórnia. E a startup já está na fase de transformar o produto numa realidade comercial. Os primeiros projetos de construção residencial com a máquina devem sair do papel em 2018.

Questionado sobre os empregos que esse tipo de máquina pode tirar, o CEO Noah Ready-Campbell diz que está mais preocupado com a segurança dos trabalhadores - nos Estados Unidos, há quase mil casos de acidentes fatais por ano em extração de terra para construção.