TECNOLOGIA

Chineses prometem carros voadores para 2019

Autor

Zhejiang já até abriu pré-venda para seu modelo sem motorista (ou piloto!), que voará a 160 km/h e custará US$ 280 mil

Chineses prometem carros voadores para 2019

(Fotos: Divulgação/Terrafugia)

É muito bacana esse negócio de veículos autônomos, sem motorista, coisa e tal. Mas o que a gente quer saber mesmo é quando os carros vão sair voando por aí. E se depender dos chineses da Zhejiang, os filmes de ficção devem se tornar realidade em dois anos.

Otimista demais? Se for pensando na ideia desses veículos tomarem completamente as ruas, ou os céus, com certeza. Mas a companhia, um braço chinês da Volvo e da Lotus, diz que seu modelo autônomo Transition, do vídeo abaixo, vai estar prontinho em 2019. Daí a virar um meio de transporte regular dependeria apenas de legislação e questões logísticas.

Cinco dias atrás, a Zhejiang comprou a startup Terrafugia, que está trabalhando na tecnologia. E agora tem pressa de lançar seus dois modelos: o próprio Transition, em desenvolvimento desde 2009, com asas retráteis e a necessidade de pegar impulso para a decolagem; e o mais ousado TF-X (abaixo), que funcionará como um drone ou helicóptero e será lançado por volta de 2023.

Chineses prometem carros voadores para 2019

Por mais futurista e maluco que tudo isso pareça, acredite se quiser: o Transition já está até em pré-venda. Se você desejar, pode ir ao site da fabricante e reservar o seu carro voador por US$ 10 mil. Mas calma, é claro que ele não vai custar só isso. O modelo que promete cruzar os céus a 160 km/h sairá, no ato da entrega, pela bagatela de US$ 280 mil.

E não é só a companhia chinesa que pretende jogar os carros para o alto e avante. O Uber tem falado em criar um serviço de táxis voadores em Dubai, por volta de 2020. Ou seja: é melhor as grandes cidades já irem pensando em como vão fazer para organizar o trânsito lá no alto.