NOTÍCIAS

Marinha americana testa helicópteros autônomos

Автор

Fuzileiros navais pedem suprimentos via aplicativo, e aeronave voa sozinha para entregar

Marinha americana testa helicópteros autônomos

(Foto: Divulgação/Aurora Flight Sciences)

Máquinas voadoras autônomas já são realidade, e a marinha americana deve colocar em breve no ar helicópteros que dirigem sozinhos e levam suprimentos aos fuzileiros navais.

O braço das forças armadas dos Estados Unidos está testando aeronaves da Aurora Flight Sciences, uma empresa que fabrica sistemas e hardware para automação de veículos. Nesta semana, um helicóptero modelo UH-1H foi capaz de conduzir homens para uma missão e depois voar para outra, levando suprimentos - tudo isso sem piloto.

Esse programa de pilotagem automática pode ser usado também em outros helicópteros ou drones, bastando instalar no veículo um equipamento que inclui câmeras e o LiDAR (um tipo de sensor usado por carros e aeronaves autônomas para interagir com o ambiente e calcular as manobras sem causar acidentes).

A parte do software funciona como o Uber ou qualquer outro aplicativo de carona. O fuzileiro em missão acessa o app e detalha os suprimentos de que precisa. O GPS do tablet ou smartphone reconhece sua posição e entra em contato com a base. Pessoas carregam o veículo e avisam quando ele estiver pronto para partir - daí pra frente, todo o processo é automático, o helicóptero sai voando e aterrissa sozinho.

A Aurora, recentemente comprada pela Boeing, informa que já terminou de fazer os testes com o sistema e o entregou para a marinha americana. Agora a instituição realizará seus próprios experimentos para, num futuro próximo, colocar o equipamento em uso.