ENTRETENIMENTO

Microsoft abre estúdios para captura de hologramas

Autor

Espaços terão filmadoras para criar conteúdo em realidade virtual

Microsoft abre estúdios para captura de hologramas

(Foto: YouTube/Microsoft)

O novo campo de batalha das maiores gigantes da tecnologia é a realidade virtual, e a Microsoft quer dar um empurrãozinho nas vendas de seu novo sistema, o Mixed Reality. Por isso, ela acaba de abrir três estúdios para quem deseja produzir conteúdo nessa plataforma - um em Londres e dois nos Estados Unidos, em Redmond e São Francisco.

Nesses espaços (veja exemplos no vídeo abaixo), desenvolvedores poderão capturar imagens reais e transformá-las em hologramas, que ficarão prontos para ser lidos tanto nos headsets do Mixed Reality (modelos como o da Acer custam cerca de US$ 400) quanto nos poderosos óculos HoloLens.

A ideia é nada menos do que atrair artistas e produtores de games ou televisão interessados em experimentar o que a Microsoft considera uma mistura de realidades virtual com aumentada. Ou seja: quem usa os óculos com Mixed Reality pode tanto ficar imerso num ambiente ao estilo videogame como trazer elementos virtuais para a realidade.

Esse modelo da Acer (veja na foto abaixo) é parecido com o que o Facebook oferece por meio do Oculus Rift e também se assemelha à proposta da Samsung, com o Gear VR. Porém nenhum dos dois ainda se preocupa com essa integração com o mundo de verdade, portanto não criam essa realidade aumentada.

Microsoft abre estúdios para captura de hologramas

(Foto: Divulgação/Acer)

Todos esses modelos são acessórios que funcionam em parceria com o PC ou smartphone. O passo mais ousado da Microsoft está mesmo no HoloLens, um computador completo em formato de óculos com sistema operacional totalmente holográfico. O brinquedo da foto aí embaixo custa a bagatela de US$ 4 mil e, para não encalhar nas lojas, é bom mesmo a empresa se coçar e atrair o maior número de produtores de conteúdo que puder.

Microsoft abre estúdios para captura de hologramas

(Foto: Microsoft/Divulgação)