TECNOLOGIA

Os hologramas 3D estão entre nós

Autor

Com o HoloPlayer One, você interage com imagens projetadas em terceira dimensão

Os hologramas 3D estão entre nós

(Foto: Divugação/Looking Glass)

“Ajude-me, Obi-Wan Kenobi, você é minha única esperança”, suplicou a Princesa Leia na mensagem projetada por R2-D2, em Star Wars. Foi provavelmente aí, em 1977, que começamos a fantasiar sobre hologramas. E após uma tentativa frustrada aqui e outra ali, parece que a indústria de tecnologia conseguiu trazer o sonho da ficção para o mundo real.

Quem acertou a mão foi uma startup chamada Looking Glass, e o nome do aparelho capaz de refletir conteúdo em 3D é HoloPlayer One. Mais do que exibir hologramas, o novo gadget permite ao usuário interagir com eles - basta colocar o dedo para jogar as imagens de um lado para o outro ou até comandar programas de modelagem em terceira dimensão.

É claro que o brinquedo nada mais é do que ilusão de óptica. Sua tela de 2.560 por 1.600 pixels produz uma imagem que reflete em 32 diferentes planos. Tudo é calculado para que, quando o conteúdo chegue aos seus olhos, ele pareça apenas um objeto flutuando no ar. Veja só como funciona:

Como você pode ver, a resolução não é nada incrível. A junção dessas projeções faz com que o conteúdo final tenha apenas 267 por 480 pixels. Mas veja pelo lado bom: são imagens 3D de verdade, com as quais você pode interagir, e nem precisa usar um par de óculos.

O hardware tem uma câmera que consegue verificar a qual distância sua mão está da imagem. Ela funciona como uma espécie de sensor, de modo que você possa manipular o conteúdo (que parece estar voando em frente aos seus olhos) e que ele responda ao seu toque com as mãos.

Por enquanto, a Looking Glass está trabalhando com duas versões do produto. A mais barata custa US$ 750 e, para funcionar, precisa ser conectada a um computador por meio da porta HDMI. Já a versão completa é um PC inteiro, além da própria tela, e sai por US$ 3 mil.

Pronto, agora você já pode gravar um pedido de resgate em holograma, salvar o arquivo dentro de um robô e fazer contato no deserto com um velho amigo jedi.