TECNOLOGIA

Robô faz faxina, organiza sua bagunça e ainda serve cafezinho

Autor

O Aeolus Robot tem câmera e inteligência artificial para reconhecer seus objetos e aprender qual é o lugar certo de guardá-los

Robô faz faxina, organiza sua bagunça e ainda serve cafezinho

(Foto: Divulgação/Aeolus Robotics)

Aquela robô faxineira de Os Jetsons, a Rosie, finalmente se tornou realidade. Uma das coisas legais que estão rolando na CES, a feira de tecnologia de Las Vegas, é o Aeolus Robot, um humanóide com inteligência artificial que limpa a casa, organiza suas coisas e até serve sua bebida favorita quando você estiver relaxando no sofá.

Para a faxina, essa máquina tem um buraco nas mãos, onde você pode colocar um aspirador, ou então uma vassoura. Até aí, nada de incrível. Mas como é que ela guarda os objetos jogados pelo chão da casa? Com uma câmera no rosto e um sistema de inteligência artificial, o Aeolus consegue reconhecer milhares de itens e descobrir, sozinho, em qual gaveta ou armário deve guardá-los.

Esse trabalho de empregado doméstico não é o único para o qual o Aeolus pode se candidatar. Ele também é um garçom - você pede um refrigerante, cerveja ou seja lá o que for, ele abre a geladeira, tira a latinha de lá e te entrega.

Como reconhece comandos de voz, o cabeça de lata também pode se integrar a serviços como Google Home e Amazon Alexa. Então ele traz respostas para perguntas pesquisáveis na internet, dá a previsão do tempo e até músicas.

Outra função interessante desse robô com inteligência artificial é a capacidade de reconhecer quando um comportamento humano não está normal. Exemplo: se um idoso cair ou estiver sofrendo um ataque cardíaco, a máquina vai identificar que se trata de uma emergência e ligar para a ambulância.

Tudo isso pode parecer muito futurista, mas esse modelo da Aeolus Robotics vai estar no mercado até o fim do ano. A empresa disse em Las Vegas que o preço ainda não está definido, mas ele não vai custar uma casa - talvez um carro. Nos Estados Unidos, será menos de US$ 20 mil, garantem os executivos.