SAÚDE

Sapato com lasers ajuda pacientes de Parkinson

Yazar

Luz projetada à frente da pessoa provoca um efeito psicológico capaz de remediar o chamado freezing de marcha

Sapato com lasers ajuda pacientes de Parkinson

(Foto: Divulgação/Walk With Path)

Você já deve ter ouvido falar da doença de Parkinson, que ataca o sistema nervoso central e compromete movimentos do corpo. O boxeador Muhammad Ali e o ator Michael J. Fox, do filme De Volta Para o Futuro, tornaram esse mal um pouco mais conhecido.

O que talvez você não saiba é que um dos sintomas da doença é o chamado freezing (ou congelamento) da marcha. O paciente com esse problema simplesmente “trava” enquanto está andando e não consegue dar um passo sequer à frente. É como se os pés dele estivessem grudados ao chão.

Pesquisadores da Universidade de Twente, na Holanda, estão tentando resolver essa questão com uma tecnologia muito simples: lasers. Eles colocam um pequeno projetor no sapato da pessoa, criando uma luz 45 centímetros à sua frente. Mas como isso ajuda? É sabido que um estímulo visual pode fazer o paciente de Parkinson focar em seus movimentos, melhorando a coordenação e, no caso, tornando esses episódios de congelamento mais curtos.

O botão que ativa o laser fica na sola do sapato. Quando a pessoa levanta o pé, a luz se acende no ponto exato em que ela precisa pisar para completar o próximo passo. A linha desenhada no chão tem um efeito psicológico no paciente. Ao enxergá-la, ele consegue seguir com sua caminhada normalmente.

Por enquanto, a novidade está disponível somente na Europa, em países como Turquia e Suíça. Trata-se apenas de um par de acessórios, chamado Path Finder (aquele que encontra o caminho, em tradução livre), vendido por 395 libras pela empresa Walk With Path. O aparelho pode ser instalado em qualquer calçado.