REDES SOCIAIS

A Cuca virou um ícone gay internacional e nós estamos cheios de orgulho

Micheli Nunes
Author
Micheli Nunes
A Cuca virou um ícone gay internacional e nós estamos cheios de orgulho

Nas últimas semanas, o Babadook, um personagem bizarro de um filme de terror australiano ganhou status de símbolo gay. Tudo porque a Netflix categorizou sem querer o longa na seleção de filmes LGBT. Mas o reinado do Babadook não durou muito tempo, porque de ontem pra hoje, os gringos descobriram a Cuca, do Sítio do Pica-pau Amarelo!

"O lado gay do Twitter: Babadook é o novo ícone gay. Três dias depois:"

Mas o monstro australiano não precisa se preocupar, porque nosso coraçãozinho tem lugar pra várias rainhas.

"Primeiro #Babadook, e agora #Cuca, estamos realmente vivendo a era de ouro dos ícones Gays"

Ao que parece, tudo começou quando um londrino postou um gif da Cuca com a letra da música Check it Out, da Nicky Minaj:

Logo a mídia internacional percebeu o burburinho. O Dazed colocou na manchete: Esqueçam Babadook, a crocodila atrevida Cuca é nosso novo ícone gay

A Cuca virou um ícone gay internacional e nós estamos cheios de orgulho

Os gringos se apaixonaram por ela e ficaram confusos sobre sua origem, mas os brasileiros trataram de marcar o território:

"#Cuca é uma personagem brasileira que é tipo o bicho-papão. Você sabe que o país é mara quando o bicho-papão é um crocodilo fazendo drag"

Mas a carreira da Cuca chegou ao ápice quando uma fã da Rihanna usou um gif da personagem pra divulgar a nova música da cantora, Wild Thoughts, e acabou sendo retuitado pelo DJ Khaled, que participa da faixa:

Depois de Nazaré e Gretchen, a Cuca é mais uma exportação de sucesso de um meme brasileiro, e nós estamos muito orgulhosos da nossa produção cultural!

SLAY CUCAAAA! PISA MAAAIS!