MULHERES

Angela Davis em 'A 13ª Emenda'

Micheli Nunes
Author
Micheli Nunes
Angela Davis em 'A 13ª Emenda'

Pensem numa pessoa FODA. Agora multiplique isso por 100. Essa é Angela Davis. 

Angela é uma professora universitária, filósofa, feminista e ativista americana, foi filiada ao Partido Comunista dos EUA e membro dos PANTERAS NEGRAS! 

Em meio à Guerra Fria e à demonização do comunismo nos EUA, Angela era considerada uma ameaça. Culta, articulada e muito inspiradora, ela se tornou um problema para o governo. Logo isso foi "resolvido" com uma acusação infundada de envolvimento em um assassinato e uma campanha nacional para rotulá-la como perigosa. Angela entrou pra lista dos mais procurados do FBI e foi presa.

Seu julgamento, largamente televisionado, foi um marco para a TV americana e para os movimentos pelos direitos civis. Encarando a possibilidade de prisão perpétua, as pessoas imaginariam que ela faria de tudo para passar uma imagem "comportada" para o juri e o público. Mas Angela deixou todo mundo de queixo caído ao aparecer no tribunal com um black power maravilhoso - penteado extremamente transgressor na época - e de punho erguido.

Saiu de lá inocentada e de quebra levou uma discussão importantíssima sobre a situação do povo negro para a TV americana nacional. 

Angela Davis em 'A 13ª Emenda'

Até arrepiei aqui. Maravilhosa.

Um pouco da história de Angela é contada no documentário A 13ª Emenda, da Netflix, que discute também o sistema prisional americano e os meios sistemáticos de opressão ao povo negro.