MULHERES

Artista quer quebrar o tabu sobre sexualidade feminina usando frutas

Micheli Nunes
Author
Micheli Nunes
Artista quer quebrar o tabu sobre sexualidade feminina usando frutas

É difícil ver a arte de Stephanie Sarley e não pensar em pornografia, mas os vídeos que a americana coloca em sua página do Instagram não mostram nenhum órgão sexual. Ou pelo menos não literalmente. Stephanie acaricia frustas cortadas ao meio, que toma o formato de vulvas, e enfia seus dedos nelas até que elas espirrem sumo. Ela também brinca com vegetais fálicos e cria um clima sexual que chega a ser desconfortável para os mais puritanos.

"O objetivo é basicamente personificar e empoderar vaginas através do humor e do absurdo, e incentivar a aceitação da sexualidade feminina", disse Stephanie ao jornal britânico The Guardian. Ela explica também que a relação de sexo com comida surgiu porque venceu uma batalha contra distúrbios alimentares na adolescência: "Foi um período intenso na minha vida, então fazer minha arte com comida é uma maneira de celebrar nutrição e vida".

Veja alguns dos seus vídeos, que já contam com milhares de fãs no Instagram:

For French T.V show L'Emission d'Antoine Sat May 13th on @canalplus

A post shared by Stephanie Sarley (@stephanie_sarley) on

Clip from my short film Untitled, 2016

A post shared by Stephanie Sarley (@stephanie_sarley) on