MULHERES

Campanha americana contra assédio lembra caso de José Mayer

Micheli Nunes
Author
Micheli Nunes
Campanha americana contra assédio lembra caso de José Mayer

David Schwimmer, o Ross da série Friends, produziu uma campanha contra assédio sexual. Chamada de #ThatsHarassment - "#IssoéAssédio", em tradução livre - o projeto conta com seis curta-metragens que mostram situações comuns de assédio em diversos locais. E coincidência ou não, um dos vídeos da campanha mostra justamente um ator famoso assediando uma figurinista, caso bem semelhante ao do ator José Mayer, que foi afastado da Globo depois que uma figurinista o denunciou por uma série de assédios sexuais.

Campanha americana contra assédio lembra caso de José Mayer

Schwimmer disse, em uma entrevista para a Cosmopolitan, que todas as mulheres que ele conhece já passaram por situações parecidas, e muitas não perceberam que estavam sendo assediadas. Para ele, é importante que as mulheres reconheçam o assédio e denunciem. "O silêncio não ajuda ninguém", comentou o ator. Veja abaixo todos os curtas, que foram baseados em fatos reais e filmados como que por uma câmera escondida.

O filme que mostra o ator e a figurinista é estrelado pela comediante Cristela Alonzo e pelo ator Noah Emmerich, da série The Americans. 

O próprio David estrela um outro curta, chamado "The Boss", em que um chefe assedia uma subordinada, ao lado da atriz Zazie Beetz.


Outro curta mostra uma mulher que trabalha em um bar e é assediada pelo colega de trabalho, com Joseph Sikora and Grace Gummer.

Bobby Cannavale, de Will and Grace, e Anna Van Patten interpretam um fotógrafo e uma modelo, provavelmente inspirados no caso do famoso fotógrafo Terry Richardson, que foi acusado por uma série de modelos famosas de assédio sexual em seus ensaios.

Em outro vídeo, uma paciente assediada pelo médico. Com Cynthia Nixon, de Sex and The City, e Michael Kelly, de House of Cards.

O último curta mostra um político assediando uma repórter, com Emmy Rossum e Harry Lennix.