Cultura POP
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Cultura POP
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Cultura POP
ic-spinner
У каждого есть своя история
Находите лучшие истории и интересных людей. Вдохновляйтесь ими и начинайте писать самостоятельно либо вместе с друзьями.

Especialistas estão preocupados com o filme sobre anorexia da Netflix

Micheli Nunes
4 месяца назад131.4k просмотров
Especialistas estão preocupados com o filme sobre anorexia da Netflix
Рассказывайте о том, что вы любите, вместе с друзьями
Стать соавтором ▸

O longa O Mínimo para Viver (To the Bone), que será lançado no dia 14 de julho na Netflix, tem apenas um trailer no ar e já está levantando polêmicas nas redes sociais. Com Lilly Collins no papel principal, a história acompanha a jornada de Ellen, uma jovem de 20 anos que passou toda a adolescência lutando contra distúrbios alimentares sem sucesso. 

Apesar da importância do tema, especialistas ao redor do mundo estão demonstrando preocupação com a abordagem. Isso porque anorexia, assim como outros distúrbios alimentares, são o que psicólogos chamam de "doenças competitivas", o que faz com que as pessoas que têm pré-disposição para desenvolvê-las, sintam-se incentivadas e desafiadas ao vê-las retratadas na mídia. 

"O trailer fala da contagem calórica específica de diferentes alimentos, mostra uma atriz que parece estar emaciada e mostra comportamentos de transtorno alimentar, como exercício físico compulsivo e restrições alimentares. São mensagens que funcionam como gatilhos, como por exemplo quando a atriz diz 'estou no controle'", escreveu Jennifer Rollin, psicoterapeuta especialista em distúrbios alimentares em uma coluna no Huffington Post.

Para Jennifer, quando esses problemas são romantizados, principalmente na pele de uma atriz bonita e carismática, e mostrados em detalhes, isso pode servir como um "manual de instruções". A crítica é muito similar ao que foi dito da série 13 Reasons Why, também da Netflix, que falava de suicídio de maneira irresponsável, mostrando, em detalhes, a cena em que a personagem principal corta os pulsos e morre.

Michelle Rodrigues cobra mais espaço para mulheres em Velozes e Furiosos

Micheli Nunes
4 месяца назад18.0k просмотров
Michelle Rodrigues cobra mais espaço para mulheres em Velozes e Furiosos
Рассказывайте о том, что вы любите, вместе с друзьями
Стать соавтором ▸

Letty Ortiz pode desaparecer da franquia Velozes e Furiosos em breve, se Vin Diesel e os outros responsáveis pelos filmes não derem mais espaço para as personagens femininas. Michelle Rodriguez, atriz que interpreta Letty, fez um desabafo em tom de despedida na sua conta no Instagram, pedindo que no próximo filme os responsáveis "mostrem mais amor" pelas personagens femininas da série.

"F8 saiu em formato digital hoje, eu espero que eles decidam demonstrar amor pelas mulheres da franquia no próximo. Ou eu talvez precise dizer adeus à amada franquia. Tem sido uma boa jornada e eu sou muito agradecida pela oportunidade que os fãs e o estúdio me proporcionaram nos últimos anos. 'Um amor'"

Em maio, em uma entrevista para a revista Entertainment Weekly, Michelle já havia demonstrado sua insatisfação com a representatividade feminina na franquia, e disse o que ela espera para os próximos. "Em primeiro lugar eles precisam trazer mais mulheres para o time 'do bem', não apenas colocar uma atriz incrível interpretando a vilã. Além disso, precisa ter mais camaradagem feminina e mais mulheres fazendo coisas independentemente do que os caras estão fazendo", explicou ela, que apareceu em cinco dos oito filmes. "Essa é a verdadeira voz da independência", completou.

Michelle reconhece que a franquia evoluiu nesse aspecto, mas ainda não é o bastante. "Ter garotas indo de um lado para o outro fazendo um monte de coisas descoladas é ótimo, maravilhoso, mas nós nunca falamos umas com as outras. É raro até que uma OLHE para a outra", explica a atriz. "Eu tenho feito filmes ao lado da Jordana (Brewster), que interpreta a irmã do Dom Toretto, há 16 anos, e eu consigo contar em uma mão quantas falas eu troquei com ela. Acho isso patético, uma falta de criatividade. Os caras não sabem do que as garotas falam. Eles acham que garotas só ficam sentadinhas falando de homem e essa é a triste verdade sobre homens serem a maioria dos roteiristas em Hollywood".

Rodriguez é uma das mais importantes atrizes de ação de Hollywood, e além de Velozes e Furiosos, tem no currículo títulos como Resident Evil, Avatar e Machete

Вы прочитали историю
Story cover
написанную
Writer avatar
micheli.nunes
Micheli é jornalista especialista em cinema, e escreve sobre filmes, séries de TV, feminismo e cultura pop há 9 anos.