ENTRETENIMENTO

O vilão de Frozen ensina uma lição importantíssima

Micheli Nunes
Author
Micheli Nunes
O vilão de Frozen ensina uma lição importantíssima

Já falamos bastante sobre o feminismo e a sororidade em Frozen, mas existe outra mensagem importante na história.
Hans conhece Anna, a irmã mais nova de Elsa, no dia da coroação. Os dois têm uma conexão imediata e protagonizam uma das músicas mais legais de todos os filmes da Disney, "Love is an Open Door". Daí já sabem. Anna se apaixona e eles decidem se casar. Ali mesmo, na mesma noite em que se conheceram. Afinal, contos de fada são assim, né? Amor à primeira vista! O que pode dar errado?

MUITA COISA. MUITA COISA MESMO.

Spoiler alert: o filme saiu faz 3 anos, então não reclamem.

Hans revela-se o grande vilão. Ele queria se casar com Elsa para tornar-se rei, mas ela era inatingível, então se aproveitou da irmã mais nova, carente e ingênua. No fim das contas ele agride e tenta matar as duas irmãs. 

É uma quebra de paradigma importantíssima no universo da Disney. Desde Bela (de A Bela e a Fera), vemos princesas cada vez mais donas de si e espertas, mas o estereótipo do príncipe e do amor verdadeiro nunca foi questionado dessa forma. Até tivemos alguns mocinhos fora do padrão, mas invariavelmente eles são caras meio babacas que "mudam" por causa do amor verdadeiro.

Hans desconstrói a falácia do príncipe perfeito e do amor incondicional à primeira vista, tão perpetuado nas histórias que ouvimos desde pequenas. E tão perigoso.

Quando ele é apresentado - jovem, bonito, charmoso, engraçado e PRÍNCIPE -, nós acreditamos nele. Nós QUEREMOS acreditar nele, porque isso é romântico. E foi isso que nos ensinaram: que o amor acontece inesperadamente e que devemos nos entregar e lutar por ele. Mas na vida real, coisas assim não acontecem. Se um cara conhece você, diz que está apaixonado e a pede em casamento no mesmo dia, saia correndo. Isso pode ser o primeiro sinal de uma ordem judicial futura. 

Mostrando que príncipes que aparentam ser perfeitos podem ser pessoas horríveis, que estão apenas tentando se aproveitar da princesa, a Disney passou uma mensagem muito importante para as meninas: Não acredite em aparências e não se deixe enganar por uma pessoa que você acabou de encontrar e não conhece de verdade.

E a cereja do bolo é Kristoff, o mocinho que realmente fica com a princesa no final. Ele é um belo parceiro para Anna durante toda a história e, no final, ainda pede o consentimento dela antes de beijá-la. Oun... <3