BEM-ESTAR

Aaron Carter abre o jogo sobre seu transtorno alimentar

Author
Aaron Carter abre o jogo sobre seu transtorno alimentar

O cantor Aaron Carter, irmão do Backstreet Boy Nick Carter, deu uma entrevista tocante ao programa Entertainment Tonight, contando sobre sua luta contra transtornos alimentares. Aaron, que recentemente foi preso dirigindo bêbado, contou que é obcecado com sua aparência e já fez plásticas e preenchimento facial. Além do transtorno alimentar, o cantor também descobriu uma hérnia hiatal há alguns anos o que torna ainda mais difícil se alimentar.

Aaron disse que tudo piora por causa da repercussão nas redes sociais. "Imagine o que é ler um tuíte a cada minuto dizendo que eu tenho Aids, que eu uso metanfetamina ou crack e que eu devo morrer. Nunca usei drogas, eu tenho um transtorno alimentar", disse, em prantos: "Desculpem por eu ser assim".

O cantor, que hoje pesa 63Kg e tem 1,72m de altura, contou que seu problema é diretamente relacionado com o stress. "Eu desenvolvi uma doença de um homem de 80 anos. É tudo causado pelo stress! Meu médico disse que eu preciso evitar situações estressantes, mas é difícil. Eu sofro muito proque não há nada que eu possa fazer", afirmou Aaron, que disse que vai desativar suas contas nas redes sociais se passar por uma nova crise: "Eu leio tudo e tento não absorver, tento ter amor por essas pessoas".

Distúrbios alimentares geralmente atingem muito mais mulheres do que homens, com 90% de incidência entre elas. Porém o número de homens que lutam contra anorexia, bulimia, ortorexia e outros transtornos têm aumentado nos últimos anos, e muitos deles nunca procuram tratamento. "A única coisa boa nisso é que eu recebo mensagens de muitos jovenes dizendo que nunca viram um homem falar disso e me agradecendo", explica.