GALÃS

'Star Wars': entenda o motivo 'daquela' cena de Kylo Ren sem camisa

Yazar
'Star Wars': entenda o motivo 'daquela' cena de Kylo Ren sem camisa

Imagem meramente ilustrativa de Adam Driver em "Girls" (HBO)
Obviamente teremos SPOILERS de "Star Wars: Os Últimos Jedi"

Acho que já chegamos coletivamente ao consenso de que Adam Driver é um gato, certo? Certo! E por mais que Kylo Ren seja um vilão - e provavelmente o um boy lixo -, a gente sente a tentação do lado negro da força sempre que ele aparece em cena. E quem viu "Star Wars: Os Últimos Jedi" teve as estruturas ainda mais abaladas com uma cena em que Kylo Ren aparece sem camisa. E se a cena pareceu meio "gratuita" para você, saiba que nada ali foi por acaso.

'Star Wars': entenda o motivo 'daquela' cena de Kylo Ren sem camisa

Não, não foi um pedido do agente de Driver para que eles mostrassem os peitorais do seu cliente para aumentar seu valor no mercado - apesar de que não ia atrapalhar, não é mesmo? Também não foi uma exigência de Driver para provar pra todo mundo que a malhação deu resultados. Na verdade, a cena tem a ver com Rey e a Força! 

Um dos coordenadores de efeitos do filme, Ren Klyce (sim, ele também se chama Ren), deu uma entrevista para o Huffington Post explicando a lógica da cena em que Rey vê Kylo sem camisa. "A maneira como o diretor Rian Johnson decidiu criar a conexão da força, apenas usando cortes verticais, sem usar efeitos especiais, é a pura simplicidade em termos de efeitos visuais. Nós cortamos para ela, cortamos para Kylo Ren, cortamos para ela de novo, e assim por diante. E aquela cena foi importante para estabelecer o que ela era capaz de ver. Ela estava ouvindo a voz dele, ou vendo seu rosto, ou apenas seus olhos? Então aquilo foi para informar a audiência de que ela podia ver seu corpo", explicou Klyce.

A ideia faz bastante sentido, já que na cena anterior Kylo comenta que consegue ver Rey, mas não vê o que está ao redor dela. Ficaria meio repetitivo fazer com que a personagem dissesse o mesmo. Mas sendo imprescindível para a narrativa ou não, nós agradecemos pelo peitoral alcançado! E que a Força esteja com Adam Driver!