ENTRETENIMENTO

Stripper quebra dente de homem que a chamou de 'mãe ruim'

Autor
Stripper quebra dente de homem que a chamou de 'mãe ruim'

Imagem: Mike Wilson

O americano David Kupferstein, de 36 anos, descobriu da pior maneira que, dizer que uma mulher é uma "mãe ruim", é um tanto ofensivo, independentemente da profissão dela. O homem, que foi com os amigos ao Larry Flynt’s Hustler Club, em Nova York, levou um soco na cara e perdeu o dente da frente. Agora ele está tentando processar a casa de show.

O incidente aconteceu em 201 e foi revelado pelo New York Post depois que o processo foi aberto. Segundo a vítima do soco, ele e seus amigos estavam pagando drinks e dando dinheiro à dançarina, que permanece anônima, quando ela começou a falar um pouco sobre sua vida e seus filhos. "Ela disse que um dos filhos estavam com problemas com a polícia, e eu disse 'parece que você é uma mãe ruim, então', e eu acho que ela não gostou disso", comentou o homem.

Ao ser insultada, a mulher mirou um soco na cara de Kupferstein, que estava com um copo de uísque na boca. O golpe arrancou um de seus dentes da frente e, antes que ele pudesse revidar, três seguranças do clube tiraram Kupferstein do local, e alguns minutos depois um deles encontrou seu dente e devolveu para ele. O reimplante, porém, não foi possível, e agora ele quer que o bar pague as despesas odontológicas, além de uma indenização de UM MILHÃO de dólares.

Sem um dente e com uma conta para pagar, Kupferstein parece ter aprendido uma lição importante. "Acho que é meio que ofensivo dizer pra uma mulher que ela é uma mãe ruim", disse ele ao NY Post. Pois é, parece que temos um Xeroque Holmes por aqui...