Alimentação e Suplementação
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Alimentação e Suplementação
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
nathaliaekstein
nathaliaeksteinhá 7 meses

Alimentação e Suplementação

    • Reportar esta pasta de histórias
Alimentação e Suplementação
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

A importância dos Probióticos

Desde que passei no meu médico novo, o Dr Vinicius Mariano (@drviniciusmariano - Medico do Esporte), comecei a consumir Probióticos manipulados.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Mas o que é Probiótico? Para que serve? Aonde vive?
Assista hoje, no Globo Repórter! 😂😂

Brincadeira! Conheça tudo (ou pelo menos bastante coisa) sobre o assunto na matéria abaixo!

E depois converse com seu médico ou nutricionista para incluir no seu dia a dia! Vale a pena! 😉

#getinspired,
Nathy💖

________________________

PROBIÓTICOS!

Provavelmente eles já participam do seu cardápio e você aproveita os variados benefícios que eles proporcionam ao seu organismo.
Mas talvez não saiba que determinados alimentos levam o nome de probióticos.

A nutricionista Fabiana Borrego explica: alimentos probióticos são aqueles que apresentam bactérias vantajosas ao organismo, como as encontradas em iogurtes e leite fermentado . Entre os exemplos mais comuns, a especialista cita os microorganismos chamados Lactobacillus, Streptococcus e Bifidobactérias.

Listando os benefícios oferecidos por tais alimentos, Fabiana destaca a atuação deles no nosso intestino. As bactérias presentes nos probióticos são resistentes às enzimas digestórias, chegando intactas ao intestino. Isso afeta o consumidor de forma positiva por inúmeros e variados processos, detalha.

Ela explica que o trato gastrointestinal possui mais de 400 tipos de espécies de bactérias. Quando essas bactérias são ingeridas pela alimentação, contribuímos para o aumento da microflora intestinal, intensificando suas ações .

Mais uma boa notícia dada por Fabiana é que as vantagens dos alimentos probióticos não ficam apenas ao redor do bom funcionamento do intestino. Segundo ela, esses alimentos aumentam o valor nutritivo e terapêutico dos demais alimentos, já que promovem uma melhora na absorção de vitaminas e minerais. Além disso, por meio de uma maior produção de células protetoras, os probióticos ainda fortalecem o sistema imunológico.

De acordo com a nutricionista, os probióticos também entram em cena no tratamento de pessoas com intolerância à lactose (açúcar do leite). Os microorganismos hidrolisam a lactose e, com isso, diminuem a formação de gases, edema e agressão à mucosa intestinal , esclarece.

Não desperdice os benefícios!

Para desfrutar de todas as vantagens dos probióticos, Fabiana aconselha que eles sejam incluídos no menu diariamente. Isso garante que seus efeitos sejam contínuos.

Para adultos, a dose recomendada é de 5 bilhões de unidades formadoras de colônias, durante, pelo menos, cinco dias. Na prática, a quantidade recomendada corresponde à ingestão diária de dois a três iogurtes com culturas probióticas, diz.

A nutricionista lembra, no entanto, que a concentração de probióticos é bem variada, conforme o produto. Não há padrões de identidade dos níveis das bactérias no iogurte e outros produtos lácteos , frisa a especialista.

Mais um aspecto importante na hora de esbanjar os benefícios desses alimentos diz respeito a todo o seu cardápio. Se você não seguir uma alimentação balanceada, a ação dos microorganismos será diminuída , alerta Fabiana. Ela afirma que os resultados dependem de um conjunto de fatores. De nada adianta seguir uma dieta com baixo consumo de fibras e ingerir uma grande quantidade de leite fermentado para que o trânsito intestinal melhore, completa.

Fabiana conta que, atualmente, as bactérias benéficas ao organismo são encontradas apenas nos leites fermentados, iogurtes e queijos. Porém, atenta ao sucesso à saúde proporcionado por esses microorganismos, a indústria alimentícia brasileira pretende aumentar a oferta, desenvolvendo sucos e outros alimentos ricos em bactérias.

Fonte: Universo Educação Física

A importância dos Probióticos

Óleo de Côco Extravirgem

Já não é de hoje que o óleo de côco invadiu a cozinha de quem segue uma alimentação mais saudável, né?

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Mas por um acaso você já parou pra pesquisar quais são os reais benefícios? Sabemos que ele é ótimo, e aqui vou contar pra vocês na prática, quais são as vantagens até se usado na pele/ cabelo. ☺

No caso falarei sobre o Óleo de Coco Extravirgem, extraído da fruta fresca, prensado a frio sem passar por nenhum tipo de refinamento, sendo assim, um produto 100% natural. Pode ser amplamente utilizado na culinária, pois não perde suas propriedades quando levado a altas temperaturas como acontece com outros óleos.

O Óleo de coco pode ser utilizado de diversas formas, confira abaixo:

- Culinária: é usado para adicionar sabor e aroma na culinária do mundo todo. Por ser um óleo muito estável (mais de 90% dele é gordura saturada, altamente estável), o óleo de coco não altera sua estrutura química em altas temperaturas, ao contrário dos óleos vegetais, mantendo-se saudável durante o cozimento dos pratos.

- Perda de peso: Por ele conter ácidos graxos de cadeia média, em vez de ácidos graxos de cadeia longa como alguns outros óleos comumente usados, o corpo utiliza o óleo de coco para a energia e não armazena gordura. Desta forma, ele ajuda a acelerar o metabolismo, sendo considerado um alimento termogênico.

- Saúde do coração: ele ajuda a reduzir o colesterol ruim e aumentar o colesterol bom.

- Fonte de Vitamina E: grande fonte de vitamina E, que possui forte ação antioxidante e é fundamental para o bom funcionamento do organismo, além de garantir a boa aparência da pele, cabelo e unhas.

- Outras propriedades: o óleo de coco ajuda na absorção de vitaminas lipossolúveis, a controlar os níveis de glicose e insulina no sangue, melhora a circulação sanguínea, ajuda na luta contra tumores, úlceras no estômago e do tubo de digestivo, infecções renais e inflamações.

- Cosmética: Pele e cabelos: possui capacidade de hidratar quando massageado na pele ou passado nos cabelos. É um ingrediente básico de vários produtos para o corpo, tais como sabonetes, loções e cremes.

Como consumir:

Óleo de Coco Extra Virgem pode ser usado em refogados, saladas, vitaminas e na alimentação cotidiana como um suplemento alimentar. A forma mais prática de tomar o óleo de coco é ingerindo de duas a quatro colheres de sopa por dia. A sugestão é começar aos poucos, porque o óleo de coco pode soltar o intestino para quem não está acostumado a digerir gordura.

O óleo de côco extravirgem pode ser encontrado nos melhores empórios ou mercados.
Existe um da marca Grings Alimentos Saudáveis, que custa em média R$20,00 a embalagem com 200g.

Dica boa é dica compartilhada. 😉
#getinspired,
Nathy💖

Óleo de Côco Extravirgem
Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
nathaliaekstein
Atleta e Blogger de Lifestyle e Vida Saudável. Designer de Interiores apaixonada por moda e beleza.